Vasco é o time que mais utilizou jogadores da base na Série B, mas é o 8º em média de minutos jogados

Londrina, Vitória, Botafogo e Coritiba são as equipes que mais deram espaço aos jogadores formados nas categorias de base no primeiro turno da Série B do Brasileiro. Por outro lado, três times não utilizaram nenhum atleta revelado no clube: CRB, Brusque e Sampaio Corrêa.

Dos 629 jogadores que entraram em campo no turno inicial da Série B, 105 (16,85%) vieram da base dos seus respectivos clubes, 142 (22,58%) são nomes emprestados de outros times e 381 (60,57%) foram contratados em definitivo.

Considerando o número total de atletas da base utilizados, o Vasco é quem lidera, com 16 jogadores formados no clube que entraram em campo no primeiro turno da Série B. Porém, a minutagem em campo deixa o time cruzmaltino em oitavo no ranking.

O ge fez o levantamento com base nos próprios dados e também do portal ogol. Foram considerados todos os atletas utilizados. Confira:

Média de tempo dos atletas em campo

O Londrina é quem mais deu oportunidades para atletas formados na base. Em 19 jogos do turno inicial, Tubarão somou 710 minutos de jogadores revelados no clube. O Vitória vem logo atrás, com 698 minutos. Botafogo (520), Coritiba (471) e Náutico (443) fecham o top-5.

A média geral da Série B entre todos os participantes foi de 258 minutos. Metade dos clubes ficaram abaixo, enquanto a outra ficou acima.

Por outro lado, CRB, Brusque e Sampaio Corrêa não utilizaram nenhum jogador formado em sua base. O CSA utilizou só um e apenas por 10 minutos, mas nem no clube está mais. Remo, Brasil de Pelotas e Operário-PR ficaram abaixo de 100 minutos.

Jogadores mais utilizados

O goleiro César, do Londrina, foi o atleta com tempo em campo entre os formados no próprio clube. Titular em 18 dos 19 jogos do primeiro turno, ele somou 1.575 minutos. Dois nomes do Botafogo aparecem logo atrás: o zagueiro Kanu e o atacante Rafael Navarro.

Já o Coritiba foi o único clube com três jogadores entre os dez que mais ficaram em campo, com os laterais Guilherme Biro e Natanael e o atacante Igor Paixão. O Goiás, Guarani e Náutico têm um representante cada no top-10.

Percentual com mais de mil minutos em campo
Só 15 dos 105 que foram revelados na base jogaram mais que 1000 minutos no turno, representando 14,3%. Se for considerar do total de jogadores que atuaram no primeiro turno, isso representa apenas 2,4%.

Guilherme Biro, do Coritiba, foi o atleta que teve a melhor ascensão desde o fim dos estaduais: em toda a temporada, 91,3% dos minutos de Biro foram jogados na Série B, e os outros 8,7% no Paranaense. Cesar, do Londrina, fica em segundo, com 85,4% dos minutos na temporada dentro da Série B.

Natanael, também do Coxa, entra no top 3 deste ranking: foram 73,2% dos minutos em campo na Série B e os outros 26,8% divididos entre estadual e Copa do Brasil. Rafael Navarro, do Botafogo, fica entre eles com 77,4% apenas na Série B e outros 22,6% no Carioca.

Jogou e já saiu

Cinco atletas oriundos da base entraram em campo, mas já se despediram de seus times durante o primeiro turno da Série B. Rickson e Sousa (Botafogo), Luiz Henrique (Coritiba), Heron (Goiás) e João (CSA).

– Rickson: 52 minutos em dois jogos – se transferiu para o Atlético-GO
– Sousa: 585 minutos em sete jogos – se transferiu para o Brugge, da Bélgica
– Luiz Henrique: 12 minutos em dois jogos – se transferiu para o Santos
– Heron: 51 minutos em um jogo – se transferiu para o Vejle, da Dinamarca
– João: 10 minutos em um jogo – se transferiu para o Athletico (sub-20)

Critério
Foram computados os jogadores que passaram pela categoria sub-20 ou menos do clube, com base nas informações do site Ogol e/ou das matérias do ge.globo.

Se o atleta chegou ao clube, atuou pelo sub-23 e posteriormente foi para a equipe principal, não foi considerado como jogador da base.

Caso o atleta (vindo da categoria sub-20 ou menor) tenha deixado o clube definitivamente o contrato (rescisão, venda, etc.), foi para outro time e posteriormente voltou ao clube de origem, o atleta não foi considerado como vindo da categoria de base. É o caso, por exemplo, do zagueiro Henrique, do Coritiba.

Veja a lista de jogadores da base por time*

Avaí – 7 jogadores

Defensores: Arthur Chaves, Gustavo Modesto
Meias: Luan Silva, Wesley Soares
Atacantes: Jô, Jonathan, Gustavo Santos

Botafogo – 10 jogadores

Goleiro: Diego
Defensores: Sousa (saiu para o Brugge), Eweton, Kanu, Hugo Neto
Meias: Romildo, Rickson (saiu para o Atletico-GO)
Atacantes: Matheus Nascimento, Enio, Rafael Navarro

Brasil de Pelotas – 1 jogador

Defensor: João Siqueira

Confiança – 1 jogador

Defensor: Vinicius Santana

Coritiba – 8 jogadores

Defensores: Natanael, Guilherme Biro
Meias: Bernardo, Biel, Luiz Henrique (saiu para o Santos)
Atacantes: Luizão, Igor Paixão, Robinho

Cruzeiro – 8 jogadores

Goleiro: Lucas França
Defensores: Weverton, Paulo, Matheus Pereira
Meias: Lucas Ventura, Adriano
Atacantes: Stenio, Thiago

CSA – 1 jogador

Meia: João (saiu para o Athletico)

Goiás – 11 jogadores

Defensores: Jefferson, David Duarte, Heron (saiu para o Vejle-DINAMARCA), Iago Mendonça
Meias: Indio, Daniel, Miguel Figueira, Breno, Lucas Black
Atacantes: Vinicius Lopes, Sandrinho

Guarani – 6 jogadores

Defensores: Eliel, Titi, Bidu
Meias: Pedro Acorsi
Atacantes: Renanzinho, Matheus Souza

Londrina – 6 jogadores

Goleiro: César
Defensor: Marcondes
Meias: Matheus Bianqui, Pedro Cacho, Danilo
Atacante: Juan Matos

Náutico – 8 jogadores

Goleiro: Jefferson
Defensores: Williams Bahia, Rafael Ribeiro, Carlão, Hereda, Thassio
Meias: Lucas Paraíba, Rhaldney

Operário-PR – 3 jogadores

Defensores: Zemarcio
Meias: Tibagi
Atacantes: Alemão

Ponte Preta – 6 jogadores

Goleiros: Ivan
Defensores: Thiago Lopes, Jean Carlos
Meias: Léo Naldi
Atacantes: Pedrinho, João Veras

Remo – 3 jogadores

Meias: Warley
Atacantes: Wallace, Ronald

Vasco – 16 jogadores

Goleiros: Halls, Lucão
Defensores: Cayo Tenório, Ricardo Graça, Miranda, Riquelme
Meias: Caio Lopes, Bruno Gomes, Juninho, Andrey, MT
Atacantes: Vinicius Paiva, João Pedro, Arthur Sales, Gabriel Pec, Figueiredo

Vila Nova – 2 jogadores

Meias: Eder Monteiro, João Pedro

Vitória – 8 jogadores

Goleiros: Ronaldo, Lucas Arcanjo
Defensores: Mateus Moraes
Meias: Cedric, Eduardo
Atacantes: Eron, Samuel Wanderlei, David

*Brusque, CRB e Sampaio Corrêa não tiveram nenhum jogador da base no primeiro turno.

Fonte: ge

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠