Vasco pode ter coordenador para o atuar ao lado de Pássaro

Expresso 1898 @expresso_1898
A saída de Lisca, inclusive, tem reflexos diretos da reunião de ontem, entre Salgado e os seus VPs, ocorrida fora de São Januário, conforme trouxemos em primeira mão.

Apuramos que, uma das pautas na reunião entre Salgado e os VPs, foi a urgência de um nome para o Futebol, não necessariamente VP, mas um vascaíno com identificação, que fale a linguagem dos atletas e esteja diretamente no vestiário. Uma espécie de coordenador, ao lado de Pássaro.

Outro detalhe da reunião da diretoria é que todos concordam com a urgência de contratações e empenham os esforços nesse sentido.

Uma curiosidade: o nome do meia Nenê, que já atuou pelo Vasco, realmente foi comentado. Mas sem qualquer avanço no momento.

A saída de Lisca foi um desejo pessoal do treinador, que pediu demissão nesta quarta-feira (8). A intenção da diretoria sempre foi a de mantê-lo à frente do time.

Fonte: Twitter Expresso 1898

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠