Cássio revela que quase acertou com o Vasco antes de se tornar goleiro do Corinthians

Em uma carta escrita para o The Players’ Tribune, o goleiro Cássio revelou que por pouco não foi contratado pelo Vasco da Gama antes de se tornar jogador do Corinthians, quando ainda defendia o PSV, da Holanda.

“Nessas idas e vindas, quase fui parar no Vasco da Gama. Na última hora, o PSV não aceitou me negociar, a janela fechou e eu fui atuar no Sparta Roterdã, outro clube da Holanda”, conta o ídolo corintiano.

Após a saída de Ronald Koeman, hoje técnico do Barcelona, o goleiro sentiu que sua passagem pelo PSV seria complicada. “A minha passagem pelo futebol holandês terminava, e uma porta estava se abrindo para mim no Brasil. Eu não tinha como saber na época, mas as respostas às minhas perguntas viriam logo no meu primeiro ano de Corinthians, naquela temporada mágica de 2012.”

Sobre as 10 temporadas como uma das principais referências corintianas, Cássio destaca a virada de chave em 2017, depois de um período em baixa e de ter ido para a reserva da equipe. “Tive uma experiência viva em 2016, quando perdi a posição de titular, um ano depois de ter sido escolhido o melhor goleiro do campeonato no Brasileirão”, explica.

“Depois que fui afastado, eu achava que a culpa era de todo mundo, do técnico ao treinador de goleiros. Mas eu não conseguia ver o meu papel nisso tudo, em como meu desempenho estava abaixo. Não conseguia prestar atenção no que estava acontecendo emocionalmente comigo.”
– Cássio

Para o goleiro, o suporte que recebeu do clube e de pessoas próximas foi fundamental para retomar a confiança e a posição de titular. “Com o tempo e com a ajuda de grandes profissionais e dos meus amigos, eu pude entender que, muitas vezes, a responsabilidade é só nossa — minha, no caso. Foi uma lição difícil de ser absorvida, mas necessária para que eu pudesse me tornar o atleta — e o homem — que sou hoje.”

Fonte: 90min

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠