Jogada do 2º gol do Vasco teve 24 passes e participação de 10 jogadores

Não é segredo que o Vasco cresceu consideravelmente de rendimento na Série B sob o comando de Fernando Diniz. Com duas vitórias e dois empates em quatro jogos, o time passou a atuar no estilo pedido pelo treinador, com recomposição rápida e toque de bola. Na vitória sobre o Goiás por 2 a 0, um lance chamou atenção: o segundo gol.

A jogada, que durou 1min40s, começou com Vanderlei e acabou na cabeça de Gabriel Pec, que marcou o gol. No total, 10 jogadores tocaram na bola – apenas Morato não participou da construção. O máximo que o Goiás conseguiu fazer foi uma falta em Bruno Gomes, sem que qualquer atleta da equipe goiana encostasse na bola.

Ao longo da construção da jogada, Bruno Gomes foi quem deu mais passes, com cinco. Na sequência, aparecem Ricardo Graça, Castan e Marquinhos Gabriel, com quatro passes cada.

Depois do jogo, Fernando Diniz elogiou a atuação vascaína e explicou a sua proposta ao time.

– Para ter proposta de ter controle da bola e ser agressivo, é fundamental recuperar logo a bola. Aguentamos fazer isso até o segundo gol. (…) A minha cara aqui no Vasco se mostra desde que cheguei. Tenho um respeito muito grande pelo torcedor e me entrego de corpo e alma. Em Brusque foi um jogo muito especial pela nossa entrega. E hoje (segunda-feira) casou a técnica com a tática. Foi o nosso melhor jogo.

A 11 rodadas do fim da Série B, o Vasco ocupa a 7ª posição na competição, com 40 pontos.

Fonte: ge

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠