Veja mapas de calor, interação de passes, frequência de passes e posse de bola de Vasco x Goiás

Mapa de calor do Vasco na vitória contra o Goiás

Já deixou de ser coincidência! O Vasco quando consegue ter um pouco mais de equilíbrio ofensivo no segundo e último terço, a equipe consegue performar melhor. Hoje, mais uma vez, houve esse equilíbrio, principalmente com os laterais atacando a linha de fundo e novamente o Vasco consegue alcançar a vitória.

Mais importante que isto, é a 2ª partida com lateral dando assistência, dessa vez foi Riquelme. Acredito que Diniz já tenha achado a melhor equipe dentro de um contexto competitivo e potencializando as peças.

Confira abaixo o mapa de calor do Vasco:

Gráfico mostra domínio vascaíno contra o Goiás

O Vasco chega a sua 2ª vitória consecutiva e sem levar gol, mas o que vem chamado atenção é como o time Cruz Maltino vem atuando, a maneira com que a equipe vem dominando seus adversários e desenvolvendo o modelo de jogo de Fernando Diniz.

Ontem (27) foi mais um domínio amplo – principalmente no 1ª tempo – dinâmicas de passe, ultrapassagem dos laterais, infiltração dos meias, um verdadeiro show. Aproveito para trazer o gráfico deste domínio na partida de ontem.

Mapa de interação de passes do Vasco diante do Goiás

O Cruz Maltino chamou atenção, mais uma vez, de como vem evoluindo na questão de troca de passes, mas não são passes apenas lateralizados, mais sim verticalizado. Sempre na busca constate do homem livre.

Atraindo, gerando espaço e atacando. Foi sempre com esse intuito que o Vasco trocava passes na 1ª fase de construção na organização ofensiva e com Ricardo Graça (que tem ótimo passes de ruptura) sempre foi possível acontecer. Confia abaixo, o mapa de interação de passes.

Frequência de passes do Vasco durante os 90 minutos diante do Goiás

O Gigante da Colina tem conseguido se adaptar a cada jogo mais ao modelo de Fernando Diniz que é justamente pautar o seu jogo com posse de bola e bastante circulação dela pelos corredores.

Na 1ª fase da organização ofensiva, chegou a não ter êxito em alguns lances, mas que não geraram grandes chances aos adversários. Os apoios próximos e o jogo de costas são fundamentais para que consiga progredir em campo e manter a posse. Dito isso, trago o mapa de frequência de passes, confira.

Fonte: Supervasco (texto), Footstats (imagens)

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠