VASCO PERDE PARA O SAMPAIO CORRÊA EM SÃO LUÍS: 1 A 0

O Vasco perdeu uma chance de ouro para colar no G4 da Série B. Mesmo com um jogador a mais por todo o segundo tempo, o clube carioca amargou uma dura derrota justamente no momento em que estava embalado – eram três vitórias seguidas. O Sampaio Corrêa foi valente e venceu por 1 a 0, neste sábado, no Castelão, em São Luís, pela 29ª rodada do campeonato. O time de São Januário perdeu pênalti no último minuto do jogo.

O técnico Fernando Diniz amarga a primeira derrota à frente do Vasco. Ele ostentava uma campanha de dois empates e três vitórias. Para colocar em números o peso deste tropeço, a equipe perdeu a oportunidade de ficar a dois pontos da zona de acesso à elite nacional.

A vantagem para o quarto colocado continua em cinco pontos, só que uma rodada a mais se foi. Um balde de água fria no embalo do Vasco. O clube carioca continua com 43 pontos e caiu para o oitavo lugar. O Sampaio Corrêa, por sua vez, ganha ânimo para sonhar com acesso: está na décima colocação, com 40 pontos, oito a menos do que o Goiás.

Na próxima rodada, o Vasco recebe o líder Coritiba, no sábado, às 16h30 (de Brasília), em São Januário. O Sampaio Corrêa tem mais um compromisso em casa: enfrenta o Vitória, na terça-feira, às 19h00.

O JOGO

O Vasco apostou no lado esquerdo no primeiro tempo. Foi por ali que o time criou seus dois melhores lances na etapa inicial. Aos oito minutos, Gabriel Pec apareceu bem, mas errou o alvo – bola foi para fora, com perigo. Depois foi dele o cruzamento que Cano, por pouco, não alcançou para marcar.

Antes, porém, o clube carioca levou um susto e tanto. Ciel foi lançado e tentou driblar Vanderlei. O árbitro Caio Max Augusto Vieira marcou pênalti, mas o VAR, comandado por Heber Roberto Lopes, recomendou a revisão. O juiz, então, anulou a penalidade.

Na reta final do primeiro tempo, Gabriel Pec foi lançado e derrubado na meia-lua por Luís Gustavo, que era o último homem antes do goleiro. O árbitro Caio Max Augusto Vieira interpretou que era uma chance clara de gol – o atacante vascaíno ainda dominava a bola – e expulsou o lateral-direito.

O Vasco chegou a balançar a rede logo aos dois minutos, com Nenê. Entretanto, Gabriel Pec, que deu o passe para o meia, estava impedido. O gol foi anulado. A resposta do Sampaio Corrêa veio com Ciel. Ele colocou a bola por entre as pernas de Castán e obrigou Vanderlei a salvar os cariocas.

O Sampaio Corrêa se fechava e apostava no contra-ataque. Os donos da casa conseguiram levar perigo. O técnico Fernando Diniz fez a primeira mudança e lançou o Vasco de vez ao ataque, logo aos 14 minutos. Ele tirou o zagueiro Ricardo Graça e colocou o centroavante Daniel Amorim. Bruno Gomes foi recuado para a defesa.

Os donos da casa chegaram de novo. Pimentinha foi lançado pela direita e obrigou Vanderlei a mandar para escanteio. Na cobrança, Allan ganhou pelo alto e fez 1 a 0, aos 20 minutos.

Diniz fez mais uma mudança: colocou João Pedro no lugar de Gabriel Pec. O empate quase saiu com Daniel Amorim, mas Luiz Daniel conseguiu desviar o voleio do atacante vascaíno. O clube carioca partiu para o tudo ou nada. O atacante Figueiredo entrou na vaga de Zeca. Castán foi bloqueado na pequena área e por pouco não empatou.

Aos 52 minutos, Riquelme foi derrubado na área. Pênalti. Nenê cobrou, mas perdeu. O goleiro Luiz Daniel garantiu a vitória do Sampaio pelo placar mínimo.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA 1 X 0 VASCO

Local: Castelão, São Luís (MA)
Data: 09/10/2021, sábado
Horário: 21h00 (de Brasília)

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Lorival Candido das Flores (RN)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)

Cartões amarelos: Márcio Araújo, Ciel, Luiz Daniel e Alyson (Sampaio Corrêa); Daniel Amorim e Figueiredo (Vasco)
Cartão vermelho: Luís Gustavo (Sampaio Corrêa)

GOL:
Sampaio Corrêa: Allan, aos 20 do 2º tempo

SAMPAIO CORRÊA: Luiz Daniel. Luís Gustavo, Allan, Nilson Júnior e Alyson; Baraka, Márcio Araújo (Ferreira), Eloir e Nadson (Jean Silva); Pimentinha (Jarro Pedroso) e Ciel (Diego Cardoso). Técnico: Felipe Surian.

VASCO: Vanderlei; Zeca (Figueiredo), Ricardo Graça (Daniel Amorim), Leandro Castán e Riquelme; Bruno Gomes, Marquinhos Gabriel e Nenê; Morato, Gabriel Pec (João Pedro) e Cano. Técnico: Fernando Diniz.

VÍDEO

GALERIA

ESTATÍSTICAS

TROFÉU NETVASCO 2021

Dê suas notas agora!

Col. Jogador Média Col. no ano Média no ano
Riquelme 3.54 13º 4.83
Gabriel Pec 3.51 5.55
Vanderlei 3.48 5.76
Bruno Gomes 3.45 5.00
Daniel Amorim 3.29 15º 4.69
Ricardo Graça 3.23 10º 4.92
Germán Cano 2.87 5.89
Leandro Castan 2.86 5.32
Nenê 2.69 * 6.82
10º Zeca 2.37 5.31
11º João Pedro 2.29 26º 3.96
12º Marquinhos Gabriel 2.23 16º 4.64
13º Morato 2.20 4.98
14º Figueiredo 1.36 27º 3.72

 

* = não classificado (menos de 10 jogos) | Total de votos: 366 | Ranking 2021

Fonte: Gazeta Esportiva (texto, ficha), ge (vídeo), Site oficial do Vasco (fotos), Twitter Acerj (estatísticas)

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠