Vasco nunca perdeu para o Náutico nos Aflitos

O Náutico terá, diante do Vasco, no próximo domingo, na 31ª rodada da Série B, um tabu em jogo: o Timbu nunca venceu o time carioca jogando no estádio dos Aflitos, local da partida – embora tenha algumas vitórias marcantes contra o Cruzmaltino em outros estádios de Pernambuco (Arruda e Arena).

O retrospecto geral como mandante não é favorável ao Alvirrubro. Em 18 jogos, só ganhou três, empatou oito e perdeu sete.

Jogos do Náutico como mandante contra Vasco

Vitórias: 3
Empates: 8
Derrotas: 7

Poucos jogos nos Aflitos

Poucos dos 18 confrontos contra o Vasco, em Pernambuco, foram nos Aflitos. Apenas sete (duas derrotas e cinco empates). Durante a década de 1970 e 1980, o clube alvirrubro mandou muitas partidas no Arruda. De 2013 a 2019, atuou na Arena de Pernambuco.

O duelo mais recente nos Aflitos foi em 2012, pela Série A: empate em 1 a 1. O gol do Vasco foi marcado pelo volante Fellipe Bastos, hoje no Goiás. Pelo Alvirrubro quem balançou as redes foi Kieza – que atualmente está no clube, mas machucado.

Em 2011, o Náutico enfrentou o Vasco nos Aflitos pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O Timbu chegou ao jogo empolgado por ter um ataque muito positivo, comandado por Kieza, Eduardo Ramos e Bruno Meneghel, mas não viu a cor da bola. O time vascaíno passou por cima com 3 a 0 – gols marcados por Dedé, Alecsandro e Bernardo.

Náutico x Vasco nos Aflitos

2012: Náutico 1x 1 Vasco (Brasileirão)
2011: Náutico 0 x 3 Vasco (Copa do Brasil)
2007: Náutico 2 x 2 Vasco (Brasileirão)
1992: Náutico 1 x 1 Vasco (Brasileirão)
1991: Náutico 0 x 0 Vasco (Brasileirão)
1968: Náutico 1 x 3 Vasco (Taça Roberto Gomes Pedrosa)
1965: Náutico 2 x 2 Vasco (Taça Brasil)

Retrospecto no Arruda

Na década de 1970 e 1980, o Náutico fez vários duelos contra o Vasco no Arruda. A melhor vitória foi em 1986, na primeira fase do Brasileirão. Os cariocas tinham um timaço. O ataque do time era formado por ninguém menos do que Roberto Dinamite e Romário.

Segundo conta o VT do Globo Esporte da época (veja no vídeo abaixo), o Cruzmaltino foi superior no primeiro tempo e criou muitas chances – parando na trave e no goleiro alvirrubro Rafael. No segundo, a equipe visitante continuou em cima. Dinamite acertou a trave em uma bela falta, e o goleiro do Náutico fez novas grandes defesas.

Numa das poucas investidas do Náutico, contudo, Baiano achou Moreno, que saiu de frente para Acácio e não perdoou. Vitória alvirrubra.

Náutico x Vasco no Arruda

2008: Náutico 1 x 1 Vasco (Brasileirão)
1986: Náutico 1 x 1 Vasco (Brasileirão)
1983: Náutico 0 x 1 Vasco (Brasileirão)
1983: Náutico 1 x 1 Vasco (Brasileirão)
1980: Náutico 0 x 1 Vasco (Brasileirão)
1976: Náutico 1 x 1 Vasco (Brasileirão)
1973: Náutico 2 x 1 Vasco (Brasileirão)
1972: Náutico 1 x 2 Vasco (Brasileirão)

Último triunfo foi na Arena de Pernambuco

Na Arena, onde atuou de 2013 a 2019, o Timbu recebeu o Vasco três vezes. Perdeu dois jogos e só venceu um.

O duelo que ganhou foi exatamente o último encontro entre as equipes no Recife, na Série B de 2016. Àquela altura, na 28ª rodada, o Vasco era o líder. O Náutico precisava da vitória para encostar no G-4 e continuar sonhando com o acesso. Comandado por Givanildo Oliveira e empurrado por 14 mil torcedores, o time pernambucano teve no brilho do atacante Rony o ponto de desequilíbrio.

Autor de dois gols e da assistência para Bergson, o veloz jogador – hoje no Palmeiras – foi o dono da partida. Ofuscou o elenco do Vasco, estrelado com jogadores como o meia Nenê.

Náutico x Vasco na Arena de Pernambuco

2016: Náutico 3 x 1 Vasco (Série B)
2014: Náutico 0 x 1 Vasco (Série B)
2013: Náutico 0 x 3 Vasco (Brasileirão)

Fonte: GloboEsporte.com

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠