Rafael Silva: ‘Se o presidente me ligar, pode ter certeza que não terá empecilho que possa impedir minha volta’

Ex-atacante do Vasco, Rafael Silva falou com exclusividade ao colunista Davi Aredo, da Universo Vasco, e comentou sobre alguns dos principais pontos da temporada de 2021 do cruzmaltino, que infelizmente acabou com o não retorno do Gigante para a Série A.

Na entrevista, Rafael Silva se colocou à disposição do clube, declarando que voltaria ao Vasco mesmo com o momento financeiro complicado, elogiou o recém contratado técnico Zé Ricardo, e também o torcedor vascaíno. Confira!

Universo Vasco: O clube vive uma fase financeira complicada não de hoje, e já liberou jogadores importantes que recebiam altos valores, caso de Germán Cano. A faixa salarial do time hoje, seria um problema para você?

Rafael Silva: “Eu sei que o clube não vive um bom momento financeiro, mas isso não seria um problema para mim’.

Universo Vasco: Possui algum ídolo do Vasco? E na carreira?

Rafael Silva: “Meus ídolos do Vasco são Edmundo e Pedrinho, esses craques marcaram a minha geração quando eu era pequenininho e ficava assistindo os jogos”.

Universo Vasco: Caso Jorge Salgado te ligasse hoje, pedindo para assinar contrato, o que diria ao mandatário vascaíno?

Rafael Silva: “Se o presidente me ligar, pode ter certeza que não terá empecilho que possa impedir minha volta. Não tenho empresário e tem uma cláusula no meu contrato que me permite sair livre, sem custos, agora em dezembro. Só basta o presidente me ligar. Alô presidente me liga! (risos)”.

Universo Vasco: Sobre atuar na Série B, Rafael descartou qualquer problema em jogar pelo Vasco na segunda divisão da elite nacional, e abriu as portas para a possibilidade:

Rafael Silva: “Jamais, se estamos nessas condições temos que abraçar o projeto e levar o Vasco a primeira divisão novamente”.

Universo Vasco: Qual o principal motivo na sua opinião para o não acesso do Vasco?

Rafael Silva: “Eu acho que o Vasco perdeu alguns jogos chave, mas agora não adianta fica olhando pra trás, já passou, agora é hora de unir força e pensar no futuro do clube, pq essa série B de 2022 vai ser a mais disputada da história”.

Universo Vasco: Durante a campanha na serie B, a torcida criticou muito o pouco comprometimento do time em campo, acredita que faltou atitude nos momentos decisivos?

Rafael Silva: “Não gosto de fazer críticas aos companheiro de profissão, até pq só quem está lá dentro sabe a dificuldade que é, mas como disse agora temos que esquecer o que foi feito no passado e pensar no futuro”.

Universo Vasco: Acha que a falta de liderança, principalmente dentro de campo, atrapalhou o Vasco?

Rafael Silva: “O Vasco tem muitos líderes dentro de campo, mas não acho que isso tenha sido um grande problema”.

Universo Vasco: O Vasco recentemente adotou o estilo de contrato por produtividade com vários atletas contratados, para reduzir custos, você aceitaria esse tipo de contrato para retornar ao clube?

Rafael Silva: “Sim aceitaria, até pq sei como é o Vasco, como se deve agir dentro de campo, confio no meu trabalho e não teria problema nenhum em fazer um contrato de produtividade”.

Universo Vasco: Gostaria de encerrar a carreira no Vasco, criando uma maior identificação com o clube?

Rafael Silva: “Ainda está muito longe pra pensar em encerrar a carreira, mas pq não encerrar no Vasco, pode ser que sim!”

Universo Vasco: O que achou do retorno de Zé Ricardo ao comando técnico da equipe, e do retorno também de Nenê para ajudar na Série B?

Rafael Silva: “Eu tenho certeza que o Vasco fez a melhor escolha com o treinador Zé Ricardo, ele conhece o Vasco e tem muita competência, com fé em Deus vai da certo. Sobre o nenê é um jogador que dispensa comentários né, ele é vasco pra caramba e joga muito”.

Universo Vasco: Gostaria de formar uma dupla de ataque com algum jogador especifico?

Rafael Silva: “Hoje meu desejo é ajudar o clube, independente de quem esteja lá, penso que no momento temos que unir força e viver o Vasco como nunca, pois esse ano o Vasco precisa subir, sim ou sim!

Universo Vasco: Como você descreveria o torcedor vascaíno, e o estádio de São Januário, o famoso “Caldeirão”?

Rafael Silva: “A torcida do Vasco é coisa de outro mundo, a maneira que a torcida abraça o clube é inacreditável, e jogar em São Januário lotado é um sonho”.

Universo Vasco: O Rafael Silva hoje é torcedor do Vasco? Se sim, voltaria ao clube por amor?

Rafael Silva: “Eu amo esse clube, sou grato por tudo que me proporcionou na minha carreira, abriu muita porta pra mim, então o sentimento que tenho é de gratidão e amor pelo clube que projetou minha carreira para o mundo”.

Universo Vasco: Será então que o “matador de urubu”, irá voltar para a colina histórica?

Rafael Silva: “Como sempre digo, eu estou disponível para o Vasco a qualquer momento, mas uma coisa que os torcedores não compreendem é que não depende de mim, o presidente precisa ter o interesse no meu retorno”.

Universo Vasco: Para finalizar, um recado ao torcedor vascaíno?

Rafael Silva: “Torcida vascaína, muito obrigado pelo carinho e reconhecimento do meu trabalho, saiba que estou cheio de tesão para vestir a camisa e jogar pelo Vasco novamente, raça e vontade não irão faltar. Saibam que vocês moram no meu coração e sempre vou estar na torcida pelo nosso clube. Um grande abraço a todos”.

Fonte: Universo Vasco