Yuri Lara defende Zé Ricardo: ‘Abraçamos o trabalho e vamos correr por ele’

O empate com o Vila Nova na estreia da Série B do Brasileirão inflamou as cobranças sobre o Vasco, e os próprios jogadores reconhecem que estão rendendo aquém das expectativas. Ao menos, foi o que reconheceu Yuri Lara em coletiva de imprensa concedida nesta terça-feira, no CT Moacyr Barbosa, antes do treinamento na parte da tarde.

O volante falou com os jornalistas admitiu que as atuações do Vasco estão “deixando a desejar”, mas tratou de defender o trabalho do técnico Zé Ricardo. Segundo ele, os jogadores vão “correr por ele” ainda mais nas próximas rodadas.

– O Zé tem nossa confiança, é um treinador que todo mundo gosta, abraçamos o trabalho e vamos correr por ele. Sabemos que essa pressão é porque os resultados não estão vindo. O Vasco é um time grande, temos que ganhar a todo instante, e quando a gente não vence tem pressão. Então vamos trabalhar pra mudar isso e conseguir as vitórias – garantiu ele.

Contra o Vila Nova, diante das arquibancadas lotadas de São Januário, o Vasco abriu o placar com gol de Raniel logo no início do jogo, mas sofreu o empate em seguida numa cobrança de escanteio. Yuri Lara não escondeu o descontentamento com o “gol bobo”.

– Sabemos que deixamos a desejar, não tenho palavras para falar da festa dos torcedores, eles lotaram o estádio, e não fizemos o resultado esperado. Peço que eles continuem a confiar na gente, continuem apoiando. Com eles do nosso lado somos mais fortes – disse ele.

– O gol foi frustrante, não costumamos tomar e estávamos bem postados na área, mas foi uma falha geral e ficamos chateadas por tomar um gol tão bobo. Não podemos fazer um gol aos 8 minutos e levar um logo em seguida. Nós perdemos o controle do jogo, mas temos que corrigir os erros pra eles não se repetirem contra o CRB – concluiu.

Leia mais sobre a coletiva de Yuri Lara:

Atuação na estreia

– Não foi tudo positivo, tiveram lances que não tivemos o controle e trabalhamos muito de ficar com a bola, bola parada e nós levamos gol justamente nesse fundamento. Tivemos dias para trabalhar e trabalhamos tudo isso, mas não conseguimos levar pro campo, temos esses dias de treino agora pra consertar esses erros.

“Sabemos que foi um início ruim, a Série B e difícil, temos que pontuar em casa. Ficamos tristes com o resultado. Mas sabemos que temos que trabalhar muito essa semana pra trazer a vitória”.

Reclamação do Nenê após substituição

– A gente não fala muito sobre isso (atitude do Nenê) internamente, não foi o foco. Temos muitas coisas pra nos preocuparmos para o restante da temporada. Ele viu que pode ter errado e já se desculpou com o grupo. Nós confiamos no Nenê, ele é nosso capitão e temos que nos apoiar aqui dentro. Não temos tempo de pensar em outras coisas, só em vencer.

Jogo contra o CRB

– Não tem jogo fácil na Série B, o CRB é mais um time duro e vai ser mais um jogo difícil, mas temos que trabalhar jogo a jogo. Contra o Vila Nova não foi como esperávamos. Temos essa semana para treinar, colocar a cabeça no lugar e acertar os erros. Temos que recuperar esses pontos que deixamos em casa.

Pressão no Vasco

Nós vemos algumas coisas nas redes sociais, mas o grupo está fechado, confiamos muito no Zé e no trabalho. Sabemos que, entre nós, estamos deixando a desejar, então a gente tem que trabalhar mais, se doar mais. A gente internamente conversa que precisamos vencer, jogar melhor e estamos trabalhando pra isso.

Cãibras na estreia

– A questão das cãibras varia muito de jogo a jogo. Às vezes tem uma carga um pouquinho mais pesada para um, eu particularmente senti cãibra também, mas não vinha jogando, meu último jogo tinha sido contra o Resende depois de muito tempo machucado, então cada caso é um caso.

Fonte: ge