Erick e Vitinho já estão à disposição de Zé Ricardo; apenas Sarrafiore, Ulisses e Weverton Jesus seguem no departamento médico

Zé Ricardo ganhará novas opções para o jogo contra o Bahia, no domingo. Erick e Vitinho estão liberados pelo departamento médico e, caso nada inesperado ocorra, serão relacionados pela comissão técnica.

Erick fez apenas dois jogos pelo Vasco, mas vinha conquistando espaço. Titular contra a Chapecoense, ele iniciaria o jogo contra a Ponte Preta, mas sofreu uma lesão muscular na coxa durante o aquecimento, em São Januário. O atacante ficou 14 dias no departamento médico e já iniciou a transição. Vitinho, por sua vez, sofreu um incomodo na coxa direita no dia 27 de abril e passou por um trabalho específico de força, uma vez que foi a mesma região que ele havia lesionado no início do ano.

Duas semanas também foi o tempo que Juninho ficou no departamento médico. O meia reapareceu no último jogo e foi importante na vitória por 1 a 0 sobre o CSA. Motivo de comemoração no departamento médico do Vasco, que avalia estar conseguindo recuperar os atletas rapidamente.

– Tivemos quatro lesões musculares em cinco meses no ano. Juninho, Erick, Vitinho e Getúlio. O que mais chama atenção é a velocidade que os atletas ficaram à disposição do treinador. O Juninho, por exemplo, teve uma lesão no músculo posterior da coxa, em 22 de abril, ficou afastado por 14 dias e já voltou (contra o CSA). O Erick teve uma lesão no adutor da coxa, ficou 11 dias e já está à disposição. O Vitinho teve uma lesão grave, cuja literatura dá uma previsão de recuperação de três a cinco meses. Ele ficou dois meses parado. O Getúlio só ficou 17 dias fora.

– Mais do que ter poucas lesões musculares, o papel fundamental do DM é entregar o atleta o mais rápido o possível em condições de performar. Para o jogo contra o Bahia, muito provavelmente todos esses atletas estarão à disposição do treinador – avaliou o coordenador médico do Vasco, Gustavo Caldeira.

Caldeira também citou a importância de todos no departamento, além da integração com a preparação física como fundamentais na rápida recuperação dos lesionados

Tratamentos de Sarrafiore e Ulisses avançam

Com a expectativa de ter à disposição contra o Bahia todos jogadores que tiveram recentes lesões musculares, apenas atletas que passaram por cirurgias seguem no departamento médico do Vasco. São os casos de Sarrafiore, Ulisses e Weverton Jesus.

– Sarrafiore e Weverton seguem o protocolo de transição, evoluindo a cada dia, ganhando confiança para realizar determinados movimentos. Cada vez mais os dois se aproximam do retorno. O Ulisses iniciou a fase que chamamos de preparação física / transição. Ele está muito bem, assintomático no local em que foi operado, andando sem auxílio de muletas. Parece muito tempo, mas é o tempo necessário que o atleta precisa para o ligamento cicatrizar – disse Caldeira.

Sarrafiore é quem está há mais tempo no DM. O argentino rompeu os ligamentos do joelho e foi operado em outubro do ano passado. A previsão é que retorne aos gramados no segundo semestre. Ulisses, por sua vez, rompeu os ligamentos do pé esquerdo no Campeonato Carioca e foi operado em março.

Fonte: ge