IFAB mantém 5 substituições de forma permanente e aumenta número de reservas para 15

Após reunião realizada em Doha, no Catar, a associação internacional que regula as regras do futebol (IFAB) aprovou nesta segunda-feira que as cinco substituições sejam adotadas de forma definitiva. Essa medida tinha sido temporariamente implementada por causa da pandemia de Covid-19.

A entidade também definiu que os treinadores poderão contar com até 15 atletas no banco de reservas a partir do dia 1 de julho. A restrição de três janelas para substituições, além do intervalo do jogo, segue valendo.

Com essas mudanças aprovadas, caberá à Fifa decidir se haverá o aumento para 26 convocados para cada seleção na Copa do Mundo de 2022, no Catar.

A nova determinação já era aguardada depois de estudo realizado pela Fifa — como contou o ge em fevereiro deste ano — e boa aceitação de treinadores no congresso realizado em Doha, antes do sorteio da Copa. Nesta segunda, os membros da IFAB se reuniram novamente em Doha e aprovaram as modificações.

O técnico Tite é favorável e espera que a Fifa aprove o limite de 26 convocados para a Copa do Mundo. O treinador da seleção brasileira planeja levar, caso haja mais três jogadores, apenas atletas para a linha de frente — ao menos dois atacantes.

Fonte: ge