Mesmo na Série B, Vasco está entre os 10 clubes brasileiros que mais arrecadaram com bilheteria em 2022

A presença da torcida do Corinthians nas arquibancadas na temporada reflete bem o quanto o clube tem arrecadado com bilheteria. Em 20 jogos como mandante, o Timão já recebeu mais de R$ 48 milhões e é o clube brasileiro que mais faturou com venda de ingressos no ano. A média do valor das entradas vendidas nos jogos do Corinthians como mandante é de R$ 69, em um total de mais de 702 mil ingressos vendidos em 2022.

Esse valor do ticket médio do clube paulista é menor apenas do que o do Altos. Impulsionado pelo jogo contra o Flamengo na Copa do Brasil, que teve uma renda de R$ 3,6 milhões, o time piauiense é o 20º brasileiro com maior arrecadação em 2022 e também o que tem o ticket médio mais caro (R$ 123). O valor médio dos 25 mil ingressos vendidos contra o Flamengo foi de R$ 145. Veja abaixo os 20 clubes brasileiros que mais arrecadaram com bilheteria:

Palmeiras (R$ 41,4 milhões), Flamengo (R$ 34,1), São Paulo (R$ 31,19) e Atlético-MG (R$ 31,12) fecham o Top 5 dos times que mais arrecadaram em 2022. Também chama a atenção a distância do Atlético para o Fluminense, sexto na lista. O Galo, quinto colocado, arrecadou quase o dobro do que o time carioca (R$ 15,6).

As maiores rendas de 2022

Time que mais arrecadou até agora, o Corinthians é quem mais tem jogos como mandante no Top 20 de rendas, com cinco aparições. Porém, o dono da maior bilheteria em uma única partida na temporada é o São Paulo. O primeiro jogo da final do Paulistão, contra o Palmeiras, no Morumbi, teve uma renda bruta de R$ 5,5 milhões. Atlético-MG. Flamengo e Palmeiras também aparecem bem na lista, com três jogos como mandante cada.

ENTENDA COMO É FEITO O CÁLCULO NO BOLETIM FINANCEIRO

O cálculo para chegarmos ao número de pagantes é feito da seguinte forma: somamos a quantidade de ingressos utilizados disponíveis no borderô do jogo que geraram renda ou subtraímos o público total pelos ingressos utilizados que estão zerados na arrecadação.

Fonte: ge