Novo coordenador de transição, Kadu Borges fala sobre a integração de Eguinaldo e Marlon Gomes ao profissional

Que a #BaseForte do Vasco é uma fábrica de talentos, o torcedor não tem dúvidas. E dois Meninos da Colina começaram a treinar entre os profissionais nesta semana: o meia Marlon Gomes e o atacante Eguinaldo. A “promoção” da dupla é fruto do trabalho integrado entre as direções do futebol profissional e das categorias de base.

A estrutura do futebol vascaíno ganhou um novo profissional em 2022: Kadu Borges, que chegou ao Cruzmaltino para ser o Coordenador Técnico de Transição, vivendo o dia a dia e jogos das categorias de alto rendimento do Clube e facilitando a chegada e adaptação dos crias no grupo principal.

– É importante reforçar que há um trabalho realizado nas categorias de formação com muita qualidade. Nós temos muitos frutos disso ao longo desses anos, em função daquilo tudo que foi estruturado, estabelecido enquanto premissa e projeto. Esse trabalho precisa ser muito valorizado. Há também um processo de comunicação contínuo com as categorias de formação para que a gente entenda quais são os indicadores avaliativos para, posteriormente, trazermos esses atletas para vivenciarem a nossa realidade aqui no profissional. Há um alinhamento, uma comunicação quase que diário com as categorias de base para que a gente possa estar analisando essas competências dos atletas para analisar essas competências dos jogadores e aí tomarmos as melhores decisões, pautados naquilo que estabelecemos de critério para efetivamente trazermos esses meninos a se adaptarem ao contexto no profissional – explica o Coordenador.

O processo de integração dos Meninos da Colina ao elenco profissional não impede que eles voltem a atuar pela equipe Sub-20. Jogar é importante e tanto Marlon Gomes (2003), tanto Eguinaldo (2004) terão idade para, por exemplo, disputar a Copinha do ano que vem, em janeiro, além das demais competições da temporada.

Um exemplo deste tipo de trabalho é o volante Andrey Santos, titular da equipe no Campeonato Brasileiro. O jogador foi um dos destaques do Vasco na Copinha, em janeiro, e logo foi integrado aos profissionais. Treinou durante alguns meses, respeitando o processo de adaptação e maturação, até que começou a ganhar as primeiras oportunidades na equipe.

– Ao longo desse período, nós estamos trazendo muitos atletas da categoria Sub-20 para vivenciarem a estrutura e o ambiente do profissional. Esse processo é muito natural. Esses dois atletas tem tido consistência em desempenho, avaliações positivas por parte dos profissionais das categorias de formação em conjunto com aquilo que nós também estabelecemos de critério avaliativo e isso os credenciou para estarem conosco nesse momento. É importante deixar claro que é um processo contínuo e gradativo. Que eles estão nesse momento na categoria profissional, entretando eles podem voltar a servir o Sub-20 enquanto referências. Entendemos que é muito importante eles se manterem em atividade, até porque as categorias de formação vem realizando um trabalho muito positivo relativo a plano de ação para desenvolvimento desses meninos, o que complementamos aqui em alinhamento com eles – conclui Kadu.

SAIBA MAIS SOBRE OS MENINOS DA COLINA

MARLON GOMES

Um dos destaques da equipe Sub-20, Marlon Gomes faz parte Geração 2003, que conta com nomes como Cadu, Pablo, Pimentel, Julião, Marlon Santos e Juan. Natural de Campo Grande, chegou ao Vasco em 2018. Passou pelas Seleções Sub-15, 17 e foi convocado para a Revelations Cup Sub-18 no fim da temporada passada, além de acumular convocações para a Seleção Sub-20 em 2022. É um jogador versátil, que pode fazer diversas funções no meio-campo e até chegou a atuar como lateral-direito pelo Sub-20 nesta temporada.

Fez parte do grupo que conquistou os títulos do Carioca, Copa do Brasil e SuperCopa do Brasil em 2020.

Em 2022, fez 22 jogos, 7 gols e deu quatro assistências defendendo a equipe Sub-20.

EGUINALDO

Natural de Monção, no Maranhão, Eguinaldo chegou ao Vasco através da observação do Departamento de Captação e Análise de Mercado do Clube. Nascido em 2004, chegou ao Rio de Janeiro no ano passado para defender o Artsul. Por lá, jogava na equipe Sub-20 e rapidamente foi promovido ao time profissional. As boas atuações chamaram atenção dos quatro grandes do Estado. Em setembro, optou pelo Vasco e chegou ao grupo Sub-17, onde foi Campeão Carioca e da Recopa Carioca (fazendo gol na final).

Em 2022, assumiu a titularidade na equipe Sub-20 no início do Campeonato Estadual e é artilheiro isolado do time, com 11 gols marcados e 16 jogos, além de ter dado cinco assistências. Foi convidado pelo técnico Ramon Menezes para integrar a preparação da Seleção Brasileira Sub-20 antes do Torneio Internacional do Espírito Santo ao lado de outros quatro vascaínos: Andrey, Marlon Gomes, Paulinho e Erick Marcus.

https://static.vasco.com.br/wp-content/uploads/2022/07/52149714040_ac9de042d6_h-600×400.jpg

Fonte: Site oficial do Vasco