Basquete Base: Conheça o vascaíno Matheusinho, líder em pontos e eficiência na LDB 2022

Cria do Tijuca Basquete, Matheusinho está de volta à sua casa. No final de junho, o Vasco da Gama anunciou uma parceria com o tradicional clube carioca para a disputa da Liga de Desenvolvimento e o armador de 22 anos foi a grande novidade do elenco. Em apenas três partidas, Matheusinho superou as expectativas e conseguiu médias impressionantes, liderando hoje o campeonato em pontuação (28,3) e eficiência(22,1). Conheça um pouco mais da história da jovem estrela que tem encantado nos primeiros dias de LDB 2022:

O basquete veio de berço. Matheus iniciou sua vida esportiva aos seis anos, quando começou no Futsal do América do Rio, mas desde criança foi influenciado pelas suas irmãs a praticar o esporte da bola laranja. Aos 12 anos, foi chamado para o Tijuca Basquete, onde ficou até os 17 anos de idade.

“Comecei no basquete aos seis anos de idade, fui indicado pelas minhas irmãs. Antes eu jogava futsal no América, segui praticando os dois até meus 12 anos, quando tive que decidir entre os dois. Hoje eu estou tão feliz, é um prazer tão grande, que não me arrependo em nada!”, afirmou o armador.

Aos 18 anos, já elevado ao posto de uma das grandes promessas do basquete brasileiro, ele foi transferido para o Flamengo, onde ficou por cerca de três anos. Entre as temporadas 2018 e 2021, no Flamengo, figurou entre os destaques de todos os elencos de LDB que partiu, sempre com médias acima dos 13 pontos, quatro rebotes e quatro assistências. Na temporada 20/21, pela primeira vez, foi emprestado para o Pato Basquete, onde recebeu minutos importantes de jogo e evoluiu muito na mão do técnico Dedé Barbosa, conhecido principalmente pela maneira com que lida com seus jovens atletas.

“A passagem pelo Pato foi muito boa, aprendi muito com o Dedé Barbosa, ele me ensinou muito dentro e fora das quadras, ele já viu viveu isso, sabe como é. Lá eu joguei bem, me desenvolvi bastante, foi muito bom! É raro ver alguém te dar a oportunidade de sair de uma LDB e conseguir 30/20 minutos por jogo no NBB. Foi inesquecível pra mim, me desenvolvi muito. Agradeço muito ao Dedé e ao Pato”, disse o Matheus.

No Flamengo, Matheusinho foi testado contra lendas do basquete nacional. Durante esses anos, disputava os treinamentos com Marquinhos, Olivinha, JP Batista, Varejão, além de grandes armadores que fizeram parte de sua formação na posição, como Yago e Balbi.

“Eram os caras que eu acompanha na televisão, você chegar do lado deles é uma coisa incrível, sabe. Todos esses caras ensinaram muita coisa, o Gustavo de Conti, Balbi, mas o Rodrigo Leonardo (Galego) – meu técnico da LDB -, mudou a minha vida. Em questão de pensamento, ele me ajudou muito, mudou minha visão de jogo, minha visão de vida, ele ficou muito marcado para mim”

Matheusinho ainda brincou dizendo que todos os jogadores eram muito difíceis de marcar, mas os armadores Yago Mateus, Franco Balbi, Davi Rossetto e Deryk Ramos eram os mais complicados. Apesar dessa “dificuldade”, Matheus comentou que tenta usar em seu jogo de hoje, um pouco do que aprendeu com cada um deles.

Hoje, no Vasco/Tijuca, Matheusinho chega com um missão diferente: Liderar a jovem equipe dentro do campeonato. Na sua última LDB, o armador assumiu um papel especial de comando junto a Daniel, pivô de 22 anos com quem divide a quadra desde os 14 anos de idade. Inclusive, como detalhado na coluna de Arthur Salazar, na Collab NBBxPosterizamos, os dois veteranos fizeram um trote com os novatos do elenco.

“Esse papel é novo pra mim, mas estou lidando bem. O Daniel é um cara que me dá todo o suporte, toda a confiança, que me ajuda com isso também, assim como o Carlinhos e o Marcio (CT). Eu estou leve, me sentindo tranquilo com isso. Os moleques sabem também o quanto eu sou brincalhão, mas sabem que tem a hora certo pra tudo, eu estou me divertindo muito com eles. Eu sou um cara que tento ser muito sincero, sempre passo tudo o que estou pensando e sentindo pra eles”, afirmou o armador.

Além do papel de líder moral do elenco, de ajudar no comandar do vestiário, Matheusinho tem liderado a equipe cruzmaltina também dentro das quadra. A cada jogo, ele supera um pouco mais a sua pontuação e aumenta a sua média no campeonato, que atualmente é de 28,3 pontos por jogo, 9,3 rebotes, 3 assistências e 22 de eficiência. Matheusinho é, até então, o cestinha do campeonato, o líder de eficiência, e entre os armadores, é o líder de rebotes (5° no geral).

A jovem estrela também tem colecionado atuações decisivas, afinal, nos jogos contra o Coritiba e Caxias do Sul, anotou 13 e nove pontos no último quarto respectivamente. Tanto nas bolas de três pontos, quantos nas infiltrações e nos lances livres, Matheusinho tem sido muito efetivo nos minutos finais, além de defender muito bem, com mais de dois roubos de bola por jogo.

“Eu estou muito feliz com minhas atuações, mas sei que dá pra fazer mais. Eu estou um tempo sem jogar, então estou errando em alguns aspectos, joguei apenas um amistoso. Mas treinei bastante, melhorei alguns aspectos. Acho que isso tem influenciado nas atuações”, disse.

Atualmente o Vasco da Gama/Tijuca é o primeiro colocado do Grupo B, com três vitórias nos três jogos disputados, sendo a única equipe ainda invicta na primeira etapa. Os próximos compromissos da equipe carioca são contra o Cerrado Basquete/Aseel e União Corinthians.

“A expectativa é muito alta. Os meninos estão doidos para entrar em quadra, a experiência tem sido muito boa. Mas também sempre falamos pra eles que é um jogo de cada vez, se acabou o jogo, esquece, foca no próximo, assim é a LDB. Queremos a fase final, todo mundo pensa primeiro no título, ninguém entra pra perder, vamos buscar ao máximo. Nós estamos focados, queremos chegar longe”, finalizou Matheusinho.

A LDB é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) e chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB). Também conta com o patrocínio oficial da Penalty, e apoio da IMG Arena e Genius Sports.

Fonte: LNB