Vasco quer contratar técnico de perfil ofensivo para seguir com o elenco em 2023

Após folgar no último domingo (21), o elenco do Vasco se reapresentou na tarde desta segunda-feira (22), no CT Moacyr Barbosa, para iniciar a preparação para o jogo contra o Bahia, domingo (28), na Fonte Nova, pela 26ª rodada da Série B. O time vive um período de desconfiança, já que foi derrotado nas últimas quatro rodadas em que atuou fora de São Januário.

A pressão pelos resultados estão caindo sobre Emílio Faro, que vem comandando o time de forma interina. Antes prestigiado, o auxiliar técnico da comissão permanente do clube passou a ser criticado pelos torcedores, que cobram a contratação de um novo treinador. O departamento de futebol, já com a presença do diretor executivo Paulo Bracks, escolhido pela 777 Partners, está encontrando dificuldade na definição de um nome.

A ideia é contratar um técnico que possa seguir no comando do Vasco para o ano que vem. O perfil desejado é por um profissional que monte equipes ofensivas, com posse de bola e proposição de jogo. No entanto, o elenco atual possui carências para a implementação dessa filosofia, o que traria insegurança para uma troca. Emílio Faro conhece os jogadores e o modelo que mais se encaixa com as características do grupo.

O entendimento é de que o péssimo jogo na derrota para o CSA não se repetirá. A análise interna é de que o time ficou sem combatividade e mudanças vão ocorrer para o jogo contra o Bahia. A começar pela zaga, com Quintero voltando de suspensão no lugar de Danilo Boza, porém a principal alteração deve acontecer no setor ofensivo. Dificilmente Alex Teixeira, Nenê e Raniel serão escalados juntos desde o início. Emílio Faro terá a semana completa para achar as soluções e dar respaldo pela sua permanência até o final da temporada.

Fonte: O Dia