SBT tem interesse em transmitir o Estadual do RJ em 2023

Thiago Rodrigues no treino do Vasco no CT Moacyr Barbosa em 25 de abril de 2022. Foto: Daniel RAMALHO/CRVG
Com a saída da Libertadores em 2023, mas contando com a Copa Sul-Americana, o SBT está atrás de mais futebol para a programação. A Série B do Campeonato Brasileiro está na mira. O Campeonato Carioca, que foi o marco zero do novo projeto esportivo da emissora de Silvio Santos, foi oferecido e também interessa para o ano que vem. O objetivo é aumentar o faturamento que os eventos trazem.

No caso da Série B, conversas ocorreram na semana passada, quando executivos do SBT, como José Roberto Maciel, presidente do Grupo Silvio Santos, estiveram na sede da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), no Rio de Janeiro. O encontro ocorreu diretamente com Edinaldo Rodrigues, atual presidente da entidade. A Copa do Nordeste também foi outro assunto na pauta. Ela foi renovada recentemente pelo SBT até 2025.

Segundo apurou o Notícias da TV, clubes da segunda divisão e até aqueles que brigam para não cair na Série A entraram em contato com o SBT e disseram que desejam um horário fixo em rede nacional para a competição a partir do ano que vem, nos moldes que a Band e a RedeTV! já fizeram no passado.

O SBT gostou da ideia e tenta articular. Internamente, o horário considerado viável é o sábado à tarde, após o Programa Raul Gil. Ao mesmo tempo que a rede teria um bom produto, as afiliadas poderiam se dar bem, já que os clubes da segunda divisão nacional têm muita força regional.

O atual contrato de transmissão da Série B do Brasileirão vai até o fim do ano com a Globo. Conversas para renovação esfriaram nos últimos meses. A emissora, no entanto, tem interesse na continuidade, principalmente para o SporTV, seu canal esportivo da TV paga que chega a mostrar até cinco jogos por rodada.

Campeonato Carioca

Outro torneio que pode parar no SBT a partir de 2023 é o Campeonato Carioca. A Brax, nova empresa que negocia o torneio pela Ferj (Federação de Futebol do Rio de Janeiro), ofereceu o torneio para a TV de Silvio Santos, que também mostrou vontade em tê-lo. As negociações ainda estão em estágio inicial e são tocadas por Luciano Callegari Jr, diretor de esportes, e José Roberto Maciel, presidente do Grupo Silvio Santos.

Procurada pelo Notícias da TV, a Ferj afirmou que a atual fase das negociações é de captação e audição de interessados em qualquer propriedade do torneio. A entidade preferiu não falar em nomes, mas confirma que está no mercado e deseja ter um acordo com qualquer TV até o fim do ano.

Para o SBT, seria a volta do Cariocão. Em 2020, após a Globo rescindir contrato devido a uma briga com o Flamengo, a emissora mostrou a final entre o Rubro-Negro e o Fluminense. O jogo chegou a ganhar da emissora carioca e atingir picos de 34 pontos no Rio de Janeiro, índice altíssimo para seus padrões.

Foi por causa da partida que a TV de Silvio Santos se animou em adquirir mais eventos. A Libertadores, que também deixou de ser da Globo, foi comprada. Chegaram também a Copa América, a Uefa Champions League e a Uefa Europa League. A Libertadores foi recuperada pela Globo para 2023.

Além de audiência, o futebol virou uma importante fonte de receita do SBT. Anunciantes que não tinham interesse na emissora, como a marca de cerveja Heineken, passaram a realizar ações na emissora de Silvio Santos. O trabalho, elogiado internamente, é tocado por Fred Muller, diretor comercial da empresa desde 2019 e que teve passagem importante na Globo.

Fonte: Notícias da TV – UOL