EM SEU 1º JOGO COMO SAF, VASCO PERDE PARA O BAHIA NA FONTE NOVA: 2 A 1

O Vasco mais uma vez decepcionou fora de casa e foi derrotado por 2 a 1 pelo Bahia, neste domingo, na Fonte Nova. Com o resultado, os cruzmaltinos seguem com 42 pontos e veem as equipes fora do G4 mais próximas. Já os baianos foram a 47 e seguem na vice-liderança da Série B.

O Vasco abriu o placar após gol contra de Ricardo Goulart, no primeiro tempo. Ainda na etapa inicial, o Bahia virou o jogo com Quintero, também contra, e Ricardo Goulart, desta vez a favor.

Na próxima rodada, o Vasco recebe o Guarani, nesta quarta-feira, em São Januário. No mesmo dia, o Bahia viaja para encarar a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli.

O JOGO

O Bahia começou pressionando o Vasco e quase abriu o placar aos sete minutos. Vitor Jacaré pegou a bola após bate e rebate na área e chutou para boa defesa de Thiago Rodrigues. Depois, foi a vez de Davó ser lançado, mas finalizar pela linha de fundo.

No entanto, quem marcou foi o Vasco, aos 18 minutos. Após cobrança de escanteio, o goleiro Danilo Fernandes dividiu com Bruno Tubarão, socou a bola em cima de Ricardo Goulart e viu a bola ir para a rede.

O Bahia sentiu o revés e viu o Vasco equilibrar as ações. Só que, aos poucos, os donos da casa voltaram a buscar o ataque. Os baianos conseguiram chegar ao empate em novo gol contra, aos 40 minutos. Matheus Bahia cruzou rasteiro, Quintero se esticou para cortar e acabou mandando para a própria rede.

O gol deu ânimo ao Bahia, que pressionou nos minutos finais. Os donos da casa fora recompensados aos 46 minutos. Após cobrança de escanteio, Ricardo Goulart cabeceou para a rede para virar o placar no intervalo.

No segundo tempo, o Bahia permaneceu melhor e quase ampliou aos oito minutos. Davó aproveitou falha de Quintero e chutou em cima de Thiago Rodrigues. No rebote, Daniel finalizou para mais uma grande defesa do goleiro cruzmaltino.

O Vasco só conseguiu sua primeira finalização na partida aos 16 minutos. Andrey aproveitou cobrança de escanteio e finalizou sobre o travessão. Depois, foi Anderson Conceição que cabeceou pela linha de fundo após novo escanteio.

Com o passar do tempo, o Bahia recuou e deu espaço para o Vasco. Só que os cruzmaltinos pouco produziam no setor ofensivo. Os donos da casa levavam mais perigo nos contra-ataques, mas pararam no goleiro Thiago Rodrigues.

Nos minutos finais, o Vasco seguiu errando muitos passes e pouco incomodou o Bahia. Os donos da casa manteve o bom rendimento e assegurou a vitória na Fonte Nova.

FICHA TÉCNICA

BAHIA-BA 2 X 1 VASCO-RJ

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: Domingo, 28 de agosto de 2022
Horário: 16h00 (Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (SP-Fifa)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP-Fifa) e Alex Ang Ribeiro (SP)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN/VAR-Fifa)

Renda: R$ 1.539.677,00
Público: 48.183 pagantes

Cartões amarelos: Ignácio (Bahia); Yuri, Alex Teixeira e Quintero (Vasco)

GOLS
BAHIA: Quintero (contra), aos 40min do primeiro tempo; Ricardo Goulart, aos 46min do primeiro tempo
VASCO: Ricardo Goulart (contra), aos 18min do primeiro tempo

BAHIA: Danilo Fernandes, Marcinho, Ignácio, Luiz Otávio (Gabriel Xavier) e Matheus Bahia (Luiz Henrique); Patrick de Lucca, Daniel, Ricardo Goulart (Copete) e Lucas Mugni (Rezende); Vitor Jacaré e Davó (Ytalo)
Técnico: Enderson Moreira

VASCO: Thiago Rodrigues, Matheus Ribeiro, Quintero, Anderson Conceição e Edimar; Yuri Lara (Marlon Gomes), Andrey dos Santos e Nenê (Palacios); Paulo Vitor (Gabriel Pec), Bruno Tubarão (Figueiredo) e Alex Teixeira (Eguinaldo)
Técnico: Emílio Faro (Interino)

VÍDEO

GALERIA

ESTATÍSTICAS

Fonte: Gazeta Esportiva (texto, ficha), ge (vídeo, fotos), Twitter Acerj (estatísticas)