Vasco, Cruzeiro e Tombense são os únicos times invictos em casa na Série B

O empate contra o Londrina foi o sexto do Vasco em São Januário, um dos raros três clubes invictos em casa na Série B — Cruzeiro e Tombense também estão. Com 49 pontos e três jogos em São Januário, o Vasco chegará a apenas 58 pontos se ganhar de Novorizontino, Criciúma e Sampaio Corrêa, os rivais que visitarão o cruzmaltino no Rio de Janeiro.

Ninguém subiu com 58 pontos. O Vitória conseguiu o acesso com 59, em 2007, quinze anos atrás.

Ou seja, o Vasco terá de somar pontos como visitante para subir.

A diferença vascaína chegou a ser de dez pontos para o quinto colocado, na 16a rodada. Hoje é de três. O perigo parecia ser o Londrina. Agora, há três adversários reais, Sport e Ituano, além do clube do norte do Paraná, que arrancou um ponto em São Januário.

Para chegar pelo menos a 60 pontos, com que o Goiás conseguiu o acesso, em 2018, e o Figueirense, em 2013, o Vasco terá de empatar pelos menos dois dos três jogos com viagens contra Operário, em Ponta Grossa, Sport, no Recife, Ituano, em São Paulo. Dois confrontos diretos fora de casa.

Com quatro técnicos em 32 jogos, média de um treinador a cada oito rodadas, o Vasco terá muita dificuldade para ascender à Série A em 2023.

Fonte: Blog do PVC – ge