Presidente do Fluminense diz que, assim como Vasco e Botafogo, também não assinará contrato de transmissão do Estadual 2023

O Fluminense também não vai assinar o contrato de transmissão do Campeonato Carioca 2023 nos termos apresentados pela Ferj. O clube já indicou a sua posição para a Federação e não concorda com a distribuição de valores. O tricolor defendeu a divisão igualitária.

— O Fluminense, desde o primeiro contato, não aceitou a divisão de valores do Carioca, pois defende uma divisão justa e equilibrada das receitas, mantendo a coerência com a posição adotada pelo Clube como integrante do grupo Liga Forte Futebol em relação à venda de direitos do campeonato brasileiro — afirmou o presidente Mário Bittencourt, em contato com o GLOBO.

Recentemente, Vasco e Botafogo emitiram notas oficiais se manifestando contrários. O Flamengo foi o único que aceitou.

Explica-se: de acordo com o jornalista Gilmar Ferreira, do EXTRA, o Flamengo entrou em acordo com a Ferj para receber R$ 18 milhões pelos direitos de transmissão do Carioca. No entanto, Fluminense, Vasco e Botafogo receberiam apenas R$ 9 milhões.

Fonte: Blog Panorama Esportivo – O Globo