André minimiza problemas no Vasco e diz não ter de provar nada no Atlético



O atacante André ganhará nova chance no Atlético-MG nesta temporada, conforme confirmou a diretoria do clube. Após ter passagem sem muito brilho por Santos e Vasco, quando neste último foi afastado por indisciplina, o centroavante não encara a chance como decisiva na carreira, mas admite que deseja deixar os problemas extracampo para trás.
“Acho que não tenho de provar nada. Fiz 20 gols no último ano, acho que foi o número dos jogadores do Atlético no ano. Volto para um time que gosto e espero ajudar”, disse André, que foi o primeiro jogador do alvinegro mineiro a conceder entrevista coletiva, nesta pré-temporada, iniciada na véspera apenas para os atletas que não viajaram ao Marrocos para a disputa do Mundial de Clubes e pelos que voltaram de empréstimos.
 Apesar de se mostrar tranquilo, a temporada de 2013 não foi tão boa para André. O jogador encontrou dificuldades para se firmar, após ter tido passagem apagada pelo Santos. No Vasco, clube que chegou em maio, o jogador teve bom início e mostrou-se de bem com as redes adversárias.
Porém, o comportamento fora de campo atrapalhou a continuidade do centroavante. O jogador foi afastado, na reta final do Brasileirão, pelo técnico Adilson Batista, por comportamento ruim fora de campo e não foi utilizado nos jogos finais da equipe, que acabou sendo rebaixada para a Série B do Brasileiro.
André evitou comentar  a situação. “Sem dúvida, foram coisas que aconteceram, coisas internas, que eu deixei para trás, já passou, ficou carinho pelo time do Vasco, mas, infelizmente aconteceram estas coisas, já é passado”, desconversou.
“São coisas que não vale falar. Quero continuar aqui o ano inteiro. Só ganhei o Mineiro, quero ganhar titulo importante. Infelizmente não estava na Libertadores. Espero continuar e dar esse titulo libertadores e quem sabe o Brasileiro”, acrescentou André.
De volta ao time mineiro, o centroavante espera viver momento melhor na carreira. “Fiquei sabendo ontem (segunda-feira), feliz em voltar a trabalhar com Paulo (Autuori), será bom. E voltar para o Galo, time que me abraçou quando cheguei. Me identifiquei com a cidade também. Estou motivado e muito feliz em voltar a vestir a camisa do Atlético”, disse.

Fonte: Uol

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠