Atlético-PR suspende sócios-torcedores que participaram de briga em Joinville

A diretoria do Atlético-PR suspendeu os sócios-torcedores que se envolveram na briga entre torcidas, durante a partida contra o Vasco, na última rodada do Brasileiro de 2013, em Joinville. 
 
Segundo informações do Atlético-PR, dos 27 torcedores presos durante a investigação, 18 deles foram identificados como sócios do clube. Eles tiveram seus cartões smart (que dá acesso ao estádio) bloqueados e foram proibidos de entrar nos estádios em que o Atlético-PR for mandante da partida 
 
No jogo que acabou com a goleada por 5 a 1 para os paranaenses, as torcidas brigaram na arquibancada, e o jogo ficou paralisado por 73 minutos. Três pessoas ficaram feridas. O Furacão foi condenado com a perda de 12 mandos de campo, sendo seis com portões fechados, além de multa de R$ 140 mil. 
 
A suspensão, segundo o clube, vale até o resultado do julgamento do processo ético instaurado internamente. Parte dos torcedores foi liberada pela Justiça de Santa Catarina na última semana. Eles vão responder o processo em liberdade. Outras oito pessoas permanecem presas. 
 
Fonte: GloboEsporte.com