Gol que tirou a liderança do estadual ainda ecoa no Vasco: 'Foi uma pena'

Vitória parcial de 1 a 0, liderança provisória na tabela de classificação e apenas mais um escanteio contra pela frente. Era só tirar a bola e comemorar. Mas o gol do Nova Iguaçu no último minuto da partida de domingo passado ainda não saiu da memória do elenco vascaíno. Segundo o volante Guiñazu, o sentimento na saída de campo era de desânimo e tristeza pelo empate em Volta Redonda. Mesmo ainda sendo o único time invicto no Campeonato Carioca, o Vasco caiu para a terceira posição do estadual com 15 pontos.
guiñazu vasco treino (Foto: Marcelo Sadio / vasco.com.br)
 
Agora, no entanto, chegou a hora de levantar a cabeça. É o que prega o volante argentino, um dos líderes do atual elenco. Até porque o rival do próximo domingo será o Flamengo. Dependendo de uma vitória vascaína e de um tropeço do líder Fluminense na rodada, a equipe do técnico Adilson Batista pode até alcançar a liderança que escapou por pouco.
– Bateu um desânimo, uma tristeza depois daquele gol. Qualquer um sente quando o time perder dois pontos no último lance. Mas eu prefiro os jogadores que sintam dor. Foi uma pena aquele gol. Seríamos líderes da Taça Guanabara. Mas pode ter certeza meu amigo de que agora todos vão levantar a cabeça com alegria e vontade de trabalhar. Domingo temos um clássico pela frente e precisamos estar com a cabeça boa – pregou o camisa 5.
Antes mesmo de a bola rolar para o clássico, o Vasco sai na frente do rival pelo menos nos quesitos tempo de preparação e descanso. Isso porque o Cruz-Maltino terá a semana toda para trabalhar. Já o Flamengo encara nesta quarta o Léon, no México, pela Libertadores, e ainda terá em seguida uma desgastante viagem de volta ao Rio de Janeiro.
– Claro que não é fácil encarar essa maratona, mas os jogadores já estão acostumados a jogar quarta e domingo. Eles podem, sim, sentir o desgaste, mas o Vasco não tem de entrar em campo pensando nisso. Estamos trabalhando de olho no nosso time e sem se preocupar muito com o outro lado. A pré-temporada serve para isso, para aguentar essas viagens e esses jogos – disse.
Fonte: Globo.com

 

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠