Rival: Jayme aponta falhas e diz que árbitro não tem qualidade para apitar clássico

Elano - Vasco x Flamengo (Foto: Rossana Fraga/ LANCE!Press)

 

Após duas derrotas seguidas – para o Fluminense, pelo Campeonato Carioca, e para o León, pela Copa Libertadores -, o Flamengo voltou a vencer na tarde deste domingo. Diante do Vasco, o Rubro-Negro fez o placar de 2 a 1, com gols de Elano e Gabriel. Para o técnico Jayme de Almeida, o Flamengo não jogou nem 40% do que poderia jogar no primeiro tempo, melhorando apenas com a entrada do volante Muralha nos 45 minutos finais.

– No primeiro tempo, o Vasco jogou e o Flamengo não. Mérito deles, jogaram melhor do que nós. Não jogamos nem 40% do que dava para jogar. O Vasco foi melhor e poderia ter ganhado o jogo. No fim saiu aquele gol de falta. No segundo tempo ficou mais parelho com a entrada do Muralha. Nossa saída de bola estava muito ruim, é um menino que melhorou muito passe. Começamos a incomodar ainda mais o Vasco. Flamengo e Vasco é sempre muito disputado. Acabou no fim o Gabriel fazendo um belo gol e vencemos – analisou o treinador.

Jayme de Almeida também comentou sobre a atuação da polêmica arbitragem durante a partida. O comandante do Flamengo afirmou que o árbitro não tem qualidade para apitar um clássico como o deste domingo entre o Rubro-Negro e o Vasco, ressaltando que a culpa em um todo é de quem escalou o mesmo para trabalhar neste Clássico dos Milhões.

– Falar de árbitro é muito chato, mas preciso falar. Não vou ficar aqui denegrindo o profissional. No meu modo de pensar ele não tem qualidade para apitar um clássico. Se a bola entrou foi um erro, mas no segundo tempo ele não pode recompensar isso. O Vasco faz 30 faltas e ele não prejudica o Flamengo. É duro, jogo difícil para caramba. Acho que ele ainda não tem condições de ser o árbitro do Flamengo x Vasco. A culpa é de quem colocou ele lá – concluiu Jayme de Almeida.

A próxima partida do Flamengo pelo Campeonato Carioca será na quarta-feira, diante do Madureira, às 22h, no Maracanã.

Fonte: LANCENET!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠