Com show de Cazuza e Pedrinho garçom, Vasco é bicampeão carioca

Vasco showbol campeão (Foto: Reprodução/Facebook)

 

Cria do futsal, Cazuza teve dia de herói no showbol. Com o ídolo Pedrinho inspirado e garçom como nos velhos tempos dos gramados, coube ao xará do roqueiro os gols da virada que deram ao Vasco o bicampeonato do Carioca da modalidade. Em final disputada no Parque de Exposições, em Itaguaí, no Rio de Janeiro, o Cruz-maltino bateu o Itaboraí, até então invicto, por 5 a 3, e conquistou pela segunda vez seguida a competição. Também marcaram para o Vasco Pimentel e Zada. Do outro lado, Luis Claudio, Camilo e PC descontaram para o Itaboraí. Para chegar ao título, além do Itaboraí na final, o Vasco venceu o Fluminense nas semifinais.

– Tive as chances e aproveitei. Perdi algumas no primeiro tempo, mas no segundo tempo conseguiu fazer os gols. O calor atrapalhou um pouco, mas o Vasco conseguiu buscar o bicampeonato da competição – disse Cazuza ao final do duelo.

 O jogo

O primeiro tempo começou com os dois goleiros muito bem. Azul, do Vasco, e Braz, do Itaboraí, seguravam os ímpetos ofensivos dos rivais. Bem na marcação e surpresa na decisão ao vencer o Botafogo nas semifinais, o Itaboraí assustava mais, mas também deixava espaços. Pedrinho perdeu um gol feito para o Vasco. Mas Cazuza não. E em um desses moles do Itaboraí, Cazuza recebeu de Marcelo Cardoso, aos 12, e fez 1 a 0 para o cruz-maltino, colocando o Vasco na frente ao final do primeiro tempo do duelo final do Carioca.

O segundo tempo começou novamente com o Vasco em cima. E Pimentel, logo aos três minutos, fez 2 a 0 para o Vasco. De longe, o ex-lateral dos campos arriscou rasteiro e venceu o goleiro Braz em jogada despretensiosa, de canhota. Aos dez minutos, o Itaboraí descontou com Luis Cláudio em jogada com uma dose de sorte. Após errar o passe, Leonardo Braz viu a bola desviar e voltar nos pés de Luis Cláudio, que só completou para o gol de Azul: 2 a 1.

Um minuto depois, Camilo empatou em cobrança de falta, com falha da barreira do Vasco, que abriu. O Vasco, porém, não se rendeu e seguiu no mesmo ritmo. Quatro minutos depois, Cazuza recebeu de Pedrinho e de biquinho colocou entre as pernas de Braz, colocando o Vasco novamente na frente do jogo: 3 a 2. Um minuto depois, Pedrinho deu novo presente para Cazuza ampliar para o cruz-maltino e fazer 4 a 2. Zada, após novo momento garçom de Pedrinho, fez outro: 5 a 2 Vasco. No finzinho, o Itaboraí ainda descontou com PC, mas insuficiente para buscar o placar.

Escalações

Vasco: Azul; Pimentel, Alex Pinho, Pedrinho, Zada e Fabrício Carvalho. Técnico: Paulinho Pereira.

Itaboraí: Braz; Marcelo Cardozo, Luis Cláudio, Leonardo Braz, Fábio Luiz e Gustavo Marques. Técnico: Chiquinho Carioca.

Fonte: GloboEsporte.com

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠