Sob forte chuva, Vasco e Bonsucesso empatam em São Januário

 Felipe Bastos - Vasco x Bonsucesso (Foto: Cleber Mendes/ LANCE!Press)

                                                                     Fellipe Bastos briga pela bola sob a chuva


Sob forte chuva, Vasco e Bonseucesso ficaram no empate na noite deste sábado, em São Januário, e o time cruz-maltino desperdiçou a oportunidade de se classificar às semifinais de maneira antecipada. Os gols saíram no segundo tempo: o primeiro, com Geovane, abrindo o placar para o Bonsucesso. Próximo ao fim do jogo, Marlon deixou tudo igual.

 

Com o resultado, o Vasco chegou aos 25 pontos e o Bonsucesso aos 12. Agora, o cruz-maltino terá o clássico com o Fluminense no domingo, às 18h30, no Maracanã. Já o Bonsucesso, vai encarar o Madureira no sábado, às 16h, em Conselheiro Galvão.

 

O primeiro tempo se resumiu ao Vasco indo ao ataque e ao Bonsucesso explorando os contra-ataques. O time da Colina teve diversas oportunidades, principalmente com a dupla de ataque Reginaldo e Edmilson, mas faltou capricho na hora de finalizar. As reclamações de pênalti também não foram poucas.

Talvez, o lance de maior apreensão para ambas as torcidas foi o choque entre Guiñazú e Nil. O volante vascaíno abriu a testa e Nil, que recebeu a pancada no rosto, teve de ser levado ao hospital e foi substituído por Geovane. Ele foi internado e esteve em observação por 12 horas.

 

O mais próximo que a equipe cruz-maltina chegou de abrir o placar foi em cobrança de falta de Douglas, que passou próximo à trave direita do goleiro Rodrigo. Já a equipe do Bonsucesso, assustou em uma rápida troca de passes, que ia achando Somália na área e sem goleiro, mas Luan fez o corte.

No segundo tempo, Adilson colocou três homens à frente, com Everton Costa, Reginaldo e Edmilson e acabou que o Vasco perdeu um pouco no setor de ligação, consequentemente, também na criação. Assim, os comandados de Adilson Batista acabaram dando espaço ao adversário.

Se o Vasco perdia chances, o Bonsucesso tratou de aproveitar. Após jogada em velocidade, Geovane aproveitou e, com um forte chute da entrada da área, abriu o placar em São Januário. Logo depois do gol, gritos de “burro” para Adilson Batista.

 

O time cruz-maltino correu atrás e conseguiu o empate. Marlon tabelou com Thalles, invadiu a área e bateu forte para deixar tudo igual. O jogador estava afastado desde o início de fevereiro devido a uma lesão na coxa esquerda e voltou ao time justamente nesta noite.

Os minutos finais foram eletrizantes, com oportunidades para os dois lados, mas o placar não foi mexido.

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 1 BONSUCESSO

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 8/3/2014 – 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Antonio Schneider (RJ)
Assistentes: Wendel de Paiva (RJ) e Romário do Carmo (RJ)

Renda e público: R$ 71.620,00 / 3.945 pagantes

Cartões amarelos: Douglas (VAS); Geovane, Marquinhos (BON)
Cartões vermelhos: –
Gols: Geovane 28’/2ºT (0-1); Marlon 39’/2ºT (1-1)

VASCO: Diogo Silva, Diego Renan (Aranda – 9’/2ºT) , Luan, Rodrigo e Marlon; Guiñazú, Pedro Ken, Fellipe Bastos (Éverton Costa – Intervalo) e Douglas; Reginaldo (Thalles – Reginaldo – 30’/2ºT) e Edmilson. Técnico: Adilson Batista

BONSUCESSO: Rodrigo, Marquinhos (Yago Soares – 16’/2º
T), Da Silva, China e Marlon; Alexandre Carioca, Vitor Hugo, Nil (Geovane – 20’/2ºT), Fernando (Romulo – 17/2ºT), Somália e Marlon da Silva. Técnico: Alfredo Sampaio

Fonte: Lancenet

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠