Vasco, Flamengo e Fluminense se reúnem para fazer oposição à Rubens Lopes


 

Na véspera da eleição na Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj), Flamengo, Vasco e Fluminense se reuniram há pouco para definir uma posição conjunta. Embora Rubens Lopes, o atual presidente da entidade, seja o candidato único e vá ser reeleito por aclamação, os três clubes querem marcar uma posição contrária ao atual comando da Ferj.

Nas próximas horas, uma nota oficial dos três clubes deve ser emitida. O trio está tentando fechar uma posição conjunta. O documento vai elencar uma série de medidas que Flamengo, Fluminense e Vasco querem que a Federação adote para que a atual gestão tenha o apoio dos clubes. Entre elas, a transparência. Os dirigentes reclamam, por exemplo, que a eleição desta terça-feira só foi marcada no dia 19 de fevereiro, data da publicação do edital no site da Ferj.

– Até o dia 18 de fevereiro, a Federação não nos dizia que dia seria a eleição – argumentou um dos dirigentes.

O Botafogo foi o único clube grande a não comparecer ao encontro. O clube alvinegro, aparentemente, deverá referendar a eleição de Rubens Lopes. Coisa que os demais não pretendem fazer.

Nas conversas entre Flamengo, Vasco e Fluminense, dois assuntos foram predominantes: uma posição conjunta para a eleição desta terça-feira, além de encontrar novos rumos para o Campeonato Estadual. A edição atual é considerada pelo trio um fracasso técnico e de público, resultado também em um fracasso financeiro.

No entanto, mudanças drásticas só poderiam acontecer a partir de 2016, pois já existe um calendário definido para 2015. Nele, o Estadual começa apenas em fevereiro, o que já é visto como um avanço. No entanto, os grandes querem, também, uma redução de datas.  Uma das ideias é que os clubes menores iniciem a disputa em janeiro. Deste torneio, sairiam representantes para disputar uma fase final, mais enxuta, contra os grandes.

Fonte: Blog do Mansur – O Globo

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠