Felipe anuncia aposentadoria e diz que gostaria de uma despedida pelo Vasco

 

O meia Felipe anunciou a sua aposentadoria dos gramados. Aos 32 anos, o maior vencedor da história do Vasco, decidiu dar um ponto final na sua carreira como jogador de futebol. Em entrevista ao programa Globo esporte, o Maestro vascaíno se mostrou chateada com a forma que encerrou a carreira e não descartou uma despedida pelo seu primeiro clube.

“É complicado responder, mas uma hora ia chegar. É óbvio que fica chato você parar desse jeito. Eu não fui o único e não vou ser o último. A minha história no futebol foi legal, no somatório de tudo foi legal”, disse o ex-jogador.

Felipe também revelou a vontade de fazer uma despedida pelo clube. “Tenho vontade de fazer uma despedida legal no Vasco. Fui criado lá desde os seis anos, dediquei minha vida ao Vasco. Realmente seria bem legal”, completou.

Desde que o diretor técnico Rodrigo Caetano retornou ao Vasco, no final de 2013, o dirigente não escondeu de que Felipe poderia retornar ao clube.

“Acho que pela vontade do Rodrigo, eu voltaria. Pela minha vontade, eu voltaria. Mas têm algumas pessoas no Vasco que não são a favor”, afirmou o Maestro.

A declaração se refere a última passagem de Felipe por São Januário, em 2012. Na época, ele criticou o fato da contratação de René Simões – então diretor executivo de futebol -, e disse que o Vasco precisava de jogadores.

“Na época, o René ficou muito chateado. Fez a cabeça do presidente (Roberto Dinamite), e eles optaram por me afastar, estou bastante tranquilo. Cada um tem a sua opinião. A única coisa que eles vão ter que aceitar é que eu sou o maior vencedor do Vasco, fiz uma história legal”, finalizou.

No Vasco, Felipe conquistou os títulos do Campeonato Brasileiro de 1997 e 2000; Copa do Brasil de 2011; Campeonato Carioca 1998; Torneio Rio-São Paulo 1999; Copa Libertadores 1998 e Copa Mercosul 2000.

Fonte: UOL Esporte

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠