Após rodízio de agentes, Rafael Silva se aproxima de futebol mexicano

Rafael Silva é uma das esperanças do Vasco nesta reta final de Brasileiro (Foto: Divulgação Vasco)

Autor do gol de cabeça na vitória sobre o Palmeiras, Rafael Silva chega na reta final de 2015 no momento mais valorizado de sua carreira. O destaque com gols decisivos nesta temporada se reflete também no rodízio de representantes pelo qual o atacante passou neste ano. Em menos de dois meses de trabalho com um novo agente, o jogador mudou de agente nesta reta final do Brasileiro e tem em vista uma proposta do Vera Cruz, do futebol mexicano.

O novo agente do jogador, Matheus Costa, não confirma a proposta, mas admite série de sondagens do México, acrescentando também interesse do futebol russo e, ainda, de clubes brasileiros. Nem mesmo uma renovação com o Vasco está descartada, segundo ele, embora em São Januário todos consideram praticamente irreversível a saída de Rafael. Valorizado, o jogador se entusiasmou com a possibilidade de transferência para o futebol mexicano e, por isso, deixou o empresário Marcio Bittencourt, que estava representando o jogador há dois meses. Costa e Bittencourt fizeram acordo para trocar a procuração de Rafael, com a condição de, em caso de transferência, haver compensação financeira ao ex-agente do jogador.

– Se o negócio sair, eles (empresa de Bittencourt) vão ter uma compensação. Mas Rafael está muito comprometido com este momento do Vasco. Ele vem fazendo bons jogos e me diz que não quer se envolver nisso, quer deixar para o fim do campeonato. Tive algumas sondagens, mas ainda não há nada concreto. Também não descarto que ele fique no Vasco. A gente sabe da seriedade dos dirigentes do clube e ele gosta muito do Rio. Tem dois filhos que moram com ele – disse Costa, citando, no México, sondagens do América, Cruz Azul e Atlas.

Quando chegou ao Vasco, no início de 2014 contratado junto ao Ituano, Rafael era representado por Ivan Rocha, que ainda trabalha com alguns jogadores em São Januário, como o zagueiro Anderson Salles e o volante Guiñazu. Depois de Rocha, Marcelo Lipatin assumiu a procuração para representar o atacante. Mais recentemente foi a vez Bittencourt, que passou a representação recentemente para Matheus Costa, agente do Rio Grande do Sul que também trabalha com o volante Edinho, do Grêmio.

Rafael marcou 10 gols nesta temporada, entre eles alguns decisivos, nas finais do Carioca, na eliminação do Flamengo na Copa do Brasil e em jogos fora de casa contra o Cruzeiro e Palmeiras. Mesmo com o possível retorno de Jorge Henrique antes do fim do Brasileiro, Rafael parece ganhar a vaga de vez no ataque vascaíno.

Fonte: GloboEsporte.com

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠