Novo diretor descarta reforços e diz que Vasco usará base: ‘Fábrica de craques’


Rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro, o Vasco só acertou com um reforço até agora: o lateral direito Yago Pikachu. Para o superintendente de futebol Isaías Tinoco, não há motivo para pressa.

“Nós temos um planejamento, o Jorginho já conversou com o presidente, já sabe como as coisas vão acontecer. Se vocês conhecem o doutor Eurico, as coisas acontecem e depois divulgamos”, explicou o dirigente, à Rádio Tupi. “Temos que andar passo a passo, com cautela. Planejamento é de dentro para fora”, ressaltou.

Só neste século, o Cruz-Maltino já foi rebaixado para a Segundona três vezes: em 2008, 2013, e agora em 2015. Diante de um desempenho tão negativo, o clube se volta para o trabalho de base com a intenção de construir um futuro melhor.

“O Vasco está reabrindo a fábrica de craques, vamos investir na base. Acredito que vai ser um trabalho interessante, vai render resultados interessantes em curto prazo. Não tem motivo para estarmos preocupados, tudo foi conversado com o Jorginho. As contratações serão pontuais”, comentou Tinoco.

Por fim, o superintendente aproveitou para destacar a honra do Vasco mesmo diante de tantas adversidades nos últimos anos.

“O Vasco é um time de ponta, de Série A sempre. Com a torcida que tem, com a história que tem, as pessoas devem se lembrar disso. Não é demérito trabalhar aqui, é motivo de honra”, afirmou.

Fonte: ESPN

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠