Judô: Pedro Medeiros disputa a Copa Rio Internacional a partir desta 6ª-feira

Tradição, prestígio e excelência. Se essas são as palavras que definem a Copa Rio Internacional de Judô, elas uma vez mais se farão presentes de 22 a 24 de julho, quando ocorre a sua 16ª edição. A tradição é simbolizada pela organizadora do evento, a FJERJ, uma instituição que em 2022 completa 60 anos de história. O prestígio vem através do reconhecimento em nível nacional: ao todo, o Velódromo do Parque Olímpico da Barra da Tijuca receberá 1.094 atletas de 138 agremiações, de 20 Estados do país mais o Distrito Federal. As palavras do Presidente da FJERJ, Jucinei Costa, refletem a tradição e o prestígio do evento:

“A Copa Rio sempre foi uma grande referência para o Judô nacional. Retomamos esse projeto na nossa gestão e estamos valorizando-o a cada ano mais. Teremos transmissão, ao vivo, de toda a competição, com narração e acesso à ordem de lutas, temos patrocinadores fortes, como Adidas e Green Hill, e temos grandes nomes do judô brasileiro, do presente e do futuro, inscritos no torneio. Tudo isso, aliado à parceria com o Ministério da Cidadania, ao uso do Legado Olímpico e ao nível de organização do Time Judô Rio, fará com que essa edição, a do aniversário de 60 anos da FJERJ, seja inesquecível”.

E quanto à excelência? Pois bem, a excelência da Copa Rio será demonstrada pelo quilate dos judocas e agremiações que estarão no Parque Olímpico, como o Minas Tênis Clube (MG) e a Sogipa (RS), apenas para citar duas grandes forças do Judô nacional que virão ao Rio de Janeiro. Já sobre os judocas, mais de 40 confirmados possuem passagem pela seleção brasileira nas classes Sub-18, Sub-21 e/ou Sênior recentemente, alguns com destaque em competições internacionais do nível de Grand Prix e Grand Slam da IJF nesta temporada de 2022, como Rafaela Silva (57Kg/Flamengo) e Pedro Medeiros (73Kg/Umbra – Vasco). Vale adicionar que a classe Sênior contará com nada menos do que 30 atletas que atualmente estão no top 10 do ranking brasileiro. Por essas e outras, a expectativa para os combates é enorme, como se percebe nas palavras de Leonardo Lara, Diretor Técnico da FJERJ:

“A comunidade do Judô de todo o Brasil está ansiosa para o retorno da Copa Rio e temos uma expectativa muito grande quanto ao nível técnico do evento em todas as classes e categorias. Além da presença dos judocas que representam a seleção do Rio de Janeiro, virão agremiações de todo o país, com atletas de nível de seleção brasileira. Esperamos grandes lutas, grandes combates, e o Judô do Brasil, não apenas do Rio de Janeiro, tem muito a crescer com a realização de mais uma edição da Copa Rio”.

O dia 22 de julho, sexta-feira, está reservado para o credenciamento das agremiações e para a palestra “O judô e os múltiplos caminhos para a inclusão”, com representantes da Associação Brasileira de Judô Inclusivo, atividades que serão realizadas no Hotel Courtyard by Marriott. Já o fim de semana terá como palco o Velódromo do Parque Olímpico. O sábado, 23 de julho, começa com “Judô Para Todos”, que busca incentivar a inclusão social de pessoas com deficiência, e segue com as disputas pelas classes Sênior, Sub-18 e Sub-21, enquanto no domingo, 24, ocorrem as lutas pelas classes Veteranos, Sub-13 e Sub-15. Os horários detalhados de todas as atividades, pesagens e combates podem ser acessados na programação abaixo. A transmissão ao vivo da Copa Rio será realizada pelo canal de YouTube da Federação (FJERJ Judô Rio).

A 16ª Copa Rio Internacional de Judô é realizada pela Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro (FJERJ). O evento conta com parceria do Departamento de Gestão de Instalações Esportivas (DGIE) para utilização do Velódromo, do Parque Olímpico da Barra, e com chancela da Confederação Brasileira de Judô (CBJ).

Copa Rio: Programação

Fonte: CBJ