Com carreira na França, Nenê, do Vasco, revela que sócio em restaurante morreu em atentados

Nenê: tristeza pela morte do amigo em atentado Foto: Marcelo Theobald / Agência O Globo / 28.10.15

O drama vivido em Paris, depois dos atentados terroristas da última sexta-feira, bateu em cheio no apoiador Nenê. O jogador construiu longa carreira no futebol francês, por Monaco e PSG, e revelou que um sócio em um restaurante foi uma das vítimas fatais dos ataques.

– É muito triste o que aconteceu, tenho amigos ainda lá, pessoas que moram lá. O dono de um restaurante em que investi acabou falecendo. Eu não tinha contato pessoal com ele, mas é muito triste – lamentou, visivelmente abatido.

Nenê ainda afirmou que conhecia a casa de shows Bataclã, onde morreu a maior parte das mais de 120 vítimas do atentado.

– Estive uma vez lá. É triste ver isso em lugares em que já estive. Foi uma situação terríve. Temos de orar e pedir a Deus qeu possa fortalecer as famílias das vítimas. Temos de torcer para que isso acabe e que as pessoas possam voltar a ter liberdade e paz. Não gosto nem de falar – concluiu.

Fonte: Extra

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠