Com diretoria em peso e até Rodrigo, Vasco chega para jogo com Joinville

Ao fundo, zagueiro Luan tira foto com torcedores na chegada a Joinville (Foto: Raphael Zarko)

Com a esperança de milhões de vascaínos de ainda escapar do rebaixamento – representados por cerca de 30 torcedores na chegada ao hotel vascaíno -, a delegação do Vasco desembarcou no início desta noite em Joinville. No domingo, 17h, na Arena Joinville, o time de Jorginho enfrenta os donos da casa, que estão em situação ainda pior, na lanterna do Brasileiro.

O time carioca precisa desesperadamente da vitória para se manter com chances de escapar da queda para a Segunda Divisão. São quatro pontos para o Avaí, primeiro fora do Z-4. O Joinville está a sete pontos do rival catarinense.

O Vasco fretou um avião para acomodar jogadores e transportar também boa parte da diretoria. Pela segunda vez no Brasileiro, o presidente do Vasco, Eurico Miranda, segue junto com o time – ele também esteve na vitória sobre o Palmeiras, há duas semanas em São Paulo. Fernando Horta, Silvio Godói, primeiro e segundo vice-presidente geral, respectivamente, além de outros dirigentes e funcionários do clube, também viajaram para Santa Catarina.

Expulso contra o Corinthians, o zagueiro Rodrigo, capitão do time, viajou com a delegação. Ele deve ser substituído por Rafael Vaz na equipe e atuar ao lado de Luan. Jorginho deve repetir a escalação do último jogo: Martín Silva, Madson, Luan, Rafael Vaz, Julio César; Diguinho, Serginho, Andrezinho e Nenê; Rafael Silva e Riascos.

No hotel, Nenê, um dos mais assediados ao lado do zagueiro Luan, parou para tirar fotos e conversou com a torcida vascaína de Santa Catarina. A comissão técnica planejou poucas atividades com bola após o empate com o Corinthians. O objetivo era descansar ao máximo os jogadores do Vasco.

Fonte: GloboEsporte.com

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠