Jorginho minimiza rodada ruim e não joga a toalha: “Tudo pode acontecer”

Jorginho minimizou a rodada desfavorável para o Vasco, mesmo com a vitória sobre o Santos (Foto: André Durão)

A rodada que começou boa para o Vasco, com a vitória do São Paulo sobre o Figueirense sábado, terminou ruim após as vitórias do Avaí sobre a Ponte Preta e do Coritiba em cima do Palmeiras. Após o triunfo por 1 a 0 sobre o Santos, na noite deste domingo em São Januário, Jorginho minimizou os resultados dos concorrentes. Embora admita que ficou mais difícil por restar só mais um jogo e ainda depender de outros placares, o técnico cruz-maltino mostrou confiança para evitar o rebaixamento do clube no Campeonato Brasileiro.

– A gente continua na mesma situação, afunilou mais ainda, apenas um jogo, mas a gente já vem nessa batida há muito tempo, no sufoco. Agora estamos muito próximos de concretizar ou não uma situação que vem ocorrendo. Eu continuo acreditando, confiante, não vou duvidar, a gente depende de outras equipes, mas precisa primeiro fazer a nossa parte para pensar em algo melhor – afirmou o treinador, sem jogar a toalha – Tudo pode acontecer. Fé é o que não falta.

No caminho do Vasco estará o Coritiba, que ainda não está totalmente livre do rebaixamento, e o Couto Pereira. A última vez que o estádio recebeu dois times lutando contra a queda na última rodada foi em 2009, e na época a torcida do Coxa depredou o local após serem derrotados pelo Fluminense. Houve confusão, brigas, medo dos jogadores… Questionado se teme que o mesmo cenário se repita, Jorginho disse que nunca teve problemas jogando lá e que acredita na salvação de mandante e visitante no próximo domingo.

– Em primeiro lugar, nunca tive problemas em Curitiba. Nem jogando, ou trabalhando como treinador. Muitos descendentes de alemão, pessoas muita educadas, no meio de mil tem um ou outro que pode criar algum problema, mas acredito que a coisa vai ficar dentro de campo em uma disputa leal de duas grandes equipes do futebol brasileiro. Acredito que dará a gente e Coritiba no próximo fim de semana.

Com a vitória do Coritiba sobre o Palmeiras, o Vasco só tem um caminho para evitar o terceiro rebaixamento de sua história: ganhar o próprio Coxa dentro do Couto Pereira e torcer para Avaí não derrotar o Corinthians, na Arena Corinthians, e o Figueirense não vencer o Fluminense no Orlando Scarpelli. Todos os jogos será às 17h (de Brasília), do próximo domingo.

Confira outros trechos da coletiva de Jorginho:

JOGADORES SEM SABER DOS RESULTADOS
Sim, inclusive no intervalo falei para ninguém passar para eles o que estava acontecendo lá, porque em primeiro lugar a gente tinha de fazer nosso trabalho aqui. Os jogadores entraram realmente sem saber quanto estava lá. A gente precisa ganhar esse jogo.

ÚLTIMA RODADA
Nos últimos 14 jogos, tivemos uma derrota. Quando perdemos para o Fluminense, acabou tudo. Não acabou tudo. É só no apito final. Realmente está muito mais difícil. Continuo acreditando. Acredito profissionais dignos, de caráter. O Corinthians vai jogar querendo bater recorde, pode ser que poupem um ou outro por ser final de temporada, o que é natural. Mas já vimos aqui hoje e eles contra o São Paulo como é difícil. E o Fluminense conheço muitos atletas, tenho uma amizade grande com o Magno (Alves), um homem que tem o coração voltado para Deus, e tenho certeza que esses profissionais de forma nenhuma vão fazer alguma coisa deixando acontecer. São profissionais dignos. Acredito sinceramente que a gente vai alcançar o nosso objetivo.

SALVAR O VASCO VAI SER MAIOR VIRADA DA VIDA?
Uma delas, não tenha dúvida que uma delas. Uma das maiores vitórias, viradas da minha vida foi aqui. Jogando lá contra o Palmeiras, perdendo de 3 a 0, e até hoje todo mundo lembra da Mercosul de 2000. Essa seria mais uma virada fantástica na minha vida. A gente tinha 13 pontos, já conseguimos 27 no segundo turno. Deixamos escapar em algumas oportunidades, outras foi um ano terrível da arbitragem, não por querer, porque foram erros gritantes contra e a favor, mas tenho muita confiança que as coisas vão acontecer.

ANDREZINHO SUSPENSO
Não planejei nada ainda, quero relaxar um pouco, foi muito tenso, até mesmo antes da partida, joga não joga, vou pensar durante a semana. Queria relatar essa tristeza do Andrezinho, ao ponto de chorar no vestiário. Pedi realmente para todos os jogadores parassem o que estavam fazendo e vissem o Andrezinho. Esse é o sentimento do Vasco hoje. Ele está completamente triste por não poder participar.

ENTRADA DO TIME NO MEIO DA TORCIDA
Ficou uma situação delicada, o nosso túnel estava cheio d’água, já encharcaria chuteira, atadura, chegamos em um consenso de que era melhor conversar com a torcida para deixarem os jogadores entrar. O Rodrigo falou isso na corrente que a gente faz, que no fim foi muito bom, porque o torcedor ficou feliz por abraçar os jogadores, dar um tapinha nas costas, no fim das contas foi positivo.

MAIS ALIVIADO OU MAIS TENSO
Eu não estou tenso sinceramente, já consegui dar uma relaxada. Agora vou pensar nessa questão da substituição, estou muito confiante. A gente já esteve em uma situação muito pior. Estamos muito próximos. Vamos dar o nosso melhor, honrar essa camisa, e torcer para que os resultados ajudem a conquistar esse objetivo. Essa será nossa melhor semana de trabalho, pode ter certeza. Feliz com tudo que está acontecendo e sinceramente confiante de que conseguiremos alcançar o objetivo.

AVALIAÇÃO DO TRABALHO NO VASCO
Para mim, realmente positivo é a permanência do Vasco na Série A. Foi um privilégio assumir o Vasco no dia 17 de agosto, meu aniversário, e espero conseguir alcançar o objetivo. Estou confiante.

RELIGIÃO
Quando as pessoas falam que sou religioso, falo que não sou nem um pouco, porque a religião tem atrapalhado muita gente de se aproximar de Deus. Mas sou muito convicto da minha fé em Deus. Tenho superado alguns obstáculos, algumas lutas, até mesmo familiares, tive dois irmãos viciados, um em álcool, outro em drogas, perdi três irmãs, uma delas este ano por câncer, mas nada disso tira a minha alegria, a minha paz. Sabia que a gente poderia extrair mais desse grupo. Eles me fizeram acreditar. E vai ser assim, chorado, difícil, no coração, na dor, mas acredito sinceramente que vamos conseguir.

Fonte: GloboEsporte.com

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠